PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Derrotado no UFC 257, veterano anuncia aposentadoria após perder 40% da visão

Ag. Fight

Ag. Fight

25/01/2021 10h56

O UFC 257, que aconteceu no último sábado (23), marcou o fim da carreira de Nik Lentz no MMA. No evento realizado em Abu Dhabi (EAU), o experiente lutador foi derrotado por Movsar Evloev, por decisão dividida dos jurados. Após o show, o americano divulgou que não vai se apresentar mais na modalidade e deu a sua justificativa para essa postura.

Através de suas redes sociais (clique aqui ou veja abaixo), o lutador explicou que o principal motivo de se retirar do esporte é porque não consegue mais atuar em alto rendimento. A justificativa para essa posição do peso-leve (70 kg) do Ultimate é por uma lesão que sofreu no olho em 2020 que tirou quase metade da sua visão.

"Eles dizem para não tomar decisões precipitadas depois de uma derrota, mas esta não é precipitada ou mesmo rápida. A lesão que sofri nos olhos no ano passado foi o fim da minha carreira. No total, perdi cerca de 40% da minha visão, mas queria ver como era mais uma batalha difícil com os novos olhos. Estava claro para mim ontem à noite que é impossível para mim competir neste nível. Eu simplesmente não consigo fixar em um alvo em movimento como deveria, e com 40% da minha visão praticamente perdida... É caótico no mínimo. Minha vida de lutador na melhor organização do planeta acaba aqui. Não fico triste nem chateado com isso, chega o dia de todos. Estou de cabeça erguida, Deus como meu redentor e meus filhos e esposa como meu tesouro", escreveu.

No MMA profissional desde 2005, Nik Lentz soma 30 vitórias, 12 derrotas, um empate e um No Contest (luta sem resultado) em sua carreira no esporte. O americano fez sua estreia no UFC em 2009 e conseguiu sua melhor marca na organização nesta época, quando ficou sete lutas, sendo cinco vitórias, sem perder até 2011. Desde então, o lutador viveu momentos de instabilidade e nunca retomou essa fase.

A lesão no olho que motivou o anúncio da aposentadoria de Lentz ocorreu em janeiro do ano passado, quando o lutador foi atingido por uma dedada involuntária por parte de Arnold Allen, no UFC Raleigh. O golpe provocou um problema sério em sua visão e o levou à mesa de cirurgia, deixando o atleta de molho pelo resto de 2020.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Nik "The Carny" Lentz (@niklentz)

Esporte