PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Viviane Araújo domina adversária e vence segunda seguida no UFC

Ag. Fight

20/01/2021 15h59

Pelo card principal do UFC Fight Island 8, realizado em Abu Dhabi (EAU), nesta quarta-feira (20), a brasileira Viviane Araújo superou Roxanne Modafferi por decisão unânime dos juízes. Superior na trocação e perfeita no jogo agarrado, a atleta da 'Cerrado MMA' dominou a americana durante grande parte dos 15 minutos do confronto.

Agora, Vivi soma dez vitórias e duas derrotas na carreira. Com dois triunfos seguidos, a atleta da 'Cerrado MMA' deve subir alguns degraus no ranking peso-mosca feminino e se aproximar do top 5 da categoria.

A luta

A brasileira deu uma verdadeira aula no primeiro round. Mais rápida e com uma bela movimentação, Viviane conseguiu impor seu jogo na luta em pé, acertando diversos golpes potentes na rival. A atleta da Cerrado MMA ainda defendeu bem a tentativa de queda da americana no final do round e ensaiou um mata-leao nos últimos segundos.

O segundo assalto seguiu o mesmo script, com Vivi dominando na luta em pé e frustrando as tentativas da americana de levar a luta para o chão. Ao final do período, a brasileira surpreendeu e aplicou uma bela queda na rival.

No tudo ou nada, Modafferi conseguiu sua primeira queda no início do último round, mas - provando estar bem preparada - a brasileira rapidamente se livrou da posição. Mais cansada, Vivi passou a ser mais atingida pela oponente na luta em pé, ainda que sem perigo. Com a vitória praticamente garantida nos pontos, Vivi ainda aplicou uma queda para fechar o combate por cima.

D'Silva mostra raça, mas acaba superado

De volta ao octógono após mais de um ano afastado, Douglas D'Silva não foi páreo para o invicto Lerone Murphy, e acabou derrotado na decisão unânime dos juízes. Superado pelo oponente durante boa parte do combate, o brasileiro lutou bastante no final para conseguir um nocaute, mas seu esforço não foi o suficiente para sair vitorioso.

Com o resultado, D'Silva soma agora 26 vitórias, quatro derrotas e um 'no contest' (sem resultado) no cartel. Nas últimas seis lutas, o paraense vem alternando triunfos e reveses. Já Murphy manteve sua invencibilidade no MMA e atingiu seu décimo resultado positivo na carreira. O inglês ainda possui um empate no currículo.

A luta

Visivelmente em desvantagem na envergadura, D'Silva teve dificuldades de encontrar a distância para aplicar seus golpes no início do combate. Enquanto isso, o inglês aproveitou o maior alcance para acertar o brasileiro, tendo maior eficácia nos contra golpes.

O segundo round foi mais equilibrado, com o brasileiro tendo bons momentos na luta agarrada, enquanto Murphy seguia melhor na parte em pé. O paraense pareceu sentir, particularmente, os chutes baixos do inglês.

Ciente da necessidade de um nocaute ou finalização, D'Silva voltou mais agressivo e conseguiu aplicar alguns golpes potentes que fizeram o oponente recuar. Porém, o cansaço pesou e Murphy jogou com a estratégia, levando a luta para o chão e terminando o tempo regulamentar por cima.

Acompanhe os resultados do UFC Fight Island 8:

Viviane Araújo venceu Roxanne Modafferi por decisão unânime;
Matt Schnell venceu Tyson Nam por decisão dividida;
Lerone Murphy venceu Douglas Silva por decisão unânime;
Omari Akhmedov venceu Tom Breese por finalização;
Ricky Simon venceu Gaetano Pirrello por finalização;
Su Mudaerji venceu Zarrukh Adashev por decisão unânime;
Dalcha Lungiambula venceu Markus 'Maluko' por decisão unânime;
Francisco Figueiredo venceu Jerome Rivera por decisão unânime;
Mike Davis venceu Mason Jones por decisão unânime;
Umar Nurmagomedov finalizou Sergey Morozov no 2º round;
Manon Fiorot nocauteou Victoria Leonardo no 2º round.

Esporte