PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Mulher alega lesão corporal e entra com processo milionário contra McGregor

Conor McGregor - Steve Marcus/Getty Images
Conor McGregor Imagem: Steve Marcus/Getty Images

Ag. Fight

Ag. Fight

19/01/2021 16h05

Escalado para medir forças com Dustin Poirier no próximo sábado (23), na luta principal do UFC 257, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi (EAU), Conor McGregor deve ter outra significativa batalha pela frente no seu futuro, desta vez na justiça. De acordo com o jornal The Independent, uma mulher entrou com um processo judicial multimilionário contra o irlandês por suposta lesão corporal.

Em contato com a ESPN americana, Dave Coleman, advogado da mulher, confirmou que o processo foi movido em Dublin, na Irlanda, e revelou que o mesmo tem como base incidentes que supostamente teriam acontecido em 2018, porém não entrou em mais detalhes. A mãe da suposta vítima também registrou uma ação menor contra o lutador.

De acordo com o The Independent, os acontecimentos que levaram ao processo judicial movido pela mulher foram alvo de investigação por parte da An Garda Síochána, força policial nacional civil da República da Irlanda, mas nenhuma acusação foi feita contra McGregor. Em comunicado, a porta-voz do ex-campeão do UFC negou qualquer delito por parte do atleta.

"Depois de uma exaustiva investigação conduzida pela Gardaí, a qual, em adição a entrevistas da reclamante, incluía entrevistas com várias fontes, obtendo relatos de testemunhas, examinando gravação de circuitos fechados e a cooperação de Conor McGregor, essas alegações foram categoricamente rejeitadas. A reclamante sabe que os fatos contradizem as alegações no processo judicial. O senhor McGregor vai contestar qualquer alegação e está confiante de que a justiça prevalecerá", disse Karen Kessler, porta-voz de McGregor.

Principal estrela do UFC e lutador de MMA mais popular do mundo, Conor McGregor coleciona polêmicas fora dos octógonos. Nos últimos anos, o irlandês - ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do UFC - foi acusado de assédio sexual, se envolveu em confusões nos Estados Unidos e foi condenado a pagar uma multa por ter agredido um senhor de idade em um bar na Irlanda.

MMA