PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Empresário crava que retorno de Nick Diaz ao UFC em 2021 está 99,9% confirmado

Ag. Fight

Ag. Fight

03/12/2020 10h33

Ao que tudo indica, os fãs realmente vão poder assistir Nick Diaz no octógono mais famoso do mundo novamente. Após Dana White, presidente do UFC, revelar que já tinha entrado em contato com o lutador sobre um retorno à organização, o empresário do americano, Kevin Mubenga, deu mais detalhes sobre esse processo.

Em entrevista ao canal do YouTube 'Fanatics View', o agente do ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios (77 kg) do Ultimate revelou que o lutador segue treinando normalmente visando atuar novamente o mais rápido possível. De acordo com Mubenga, a ideia é já chegar em 2021 com algum compromisso fechado.

"Ele está treinando há pelo menos quatro meses direto. Ele fez uma pequena pausa no mês passado e agora vamos retomar em dezembro e entrar em 2021 com um novo acordo fechado. (Vamos) garantir que o dinheiro está certo e o oponente está certo e seremos capazes de seguir em frente com tudo isso", disse o agente, antes de responder o questionamento de quais as chances do lutador voltar ao UFC.

"99,99999 %. Nós apenas temos que fazer tudo certo com a organização e seremos capazes de seguir em frente. As pessoas querem ver (isso). Ele tem treinado nos últimos meses. Agora, é hora de voltar lá e simplesmente passar por isso", completou.

Aos 37 anos, Nick Diaz não compete desde janeiro de 2015, quando enfrentou Anderson Silva no UFC 183, em duelo que terminou originalmente com a vitória do brasileiro e, posteriormente, teve seu resultado modificado para 'no contest' (luta sem resultado) após ambos os atletas testarem positivo no exame antidoping. O último triunfo de Diaz veio em 2011, diante de BJ Penn, na edição 137 do Ultimate.

Esporte