PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Anderson Silva confirma aposentadoria do UFC após luta com Uriah Hall

No MMA profissional desde 1997, Anderson Silva soma 34 vitórias, sendo 22 por nocaute, dez derrotas e um "no contest" (luta sem resultado) - Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Images
No MMA profissional desde 1997, Anderson Silva soma 34 vitórias, sendo 22 por nocaute, dez derrotas e um 'no contest' (luta sem resultado) Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

Ag. Fight

21/10/2020 10h50

Após se mostrar relutante em cravar que iria pendurar as luvas depois do seu próximo compromisso, Anderson Silva parece ter tomado uma decisão.

Em entrevista ao site MMA Junkie, o ex-campeão peso-médio (84 kg) do UFC confirmou que a luta contra Uriah Hall, marcada para acontecer no dia 31 de outubro, em Las Vegas (EUA), será a última de sua carreira.

O próprio Dana White - presidente do Ultimate - já havia anunciado a luta contra o americano como a despedida do 'Spider', mas o brasileiro, que possui dois combates restantes em seu contrato com a liga, ainda deixava em aberto a possibilidade. Vale lembrar que, aos 45 anos, Anderson é um dos lutadores mais velhos em atividade no mundo do MMA.

"Essa é a última luta. Com certeza, essa é a última luta. Eu amo o esporte. Eu preparei minha mente para isso. Me preparei para lutar minha vida inteira, mas, sim, essa é a a minha última luta no UFC", confirmou o veterano.

Já em tom de despedida, Anderson ressaltou que a preparação para competir será a área da qual sentirá mais falta após se aposentar. O ex-campeão ainda se disse triste por este ser o último camp de sua carreira.

"Eu acho que (vou sentir mais falta) do treinamento. Preparar minha mente, preparar o meu corpo. Isso eu acho que é o mais importante, e eu fico triste por não ter mais isso. Esse é o último", lamentou.

No MMA profissional desde 1997, Anderson Silva soma 34 vitórias, sendo 22 por nocaute, dez derrotas e um 'no contest' (luta sem resultado). O brasileiro, considerado por grande parte da comunidade das lutas como um dos maiores lutadores de todos os tempos, foi campeão peso-médio do UFC entre 2006 e 2013.

MMA