PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Weidman sugere duelo contra Chimaev em janeiro: "Precisa aprender a ser humilde"

Ag. Fight

Ag. Fight

17/10/2020 07h00

Em busca de um adversário para seu próximo compromisso no octógono do Ultimate, Khamzat Chimaev tem utilizado suas redes sociais e qualquer aparição na mídia para desafiar alguns dos principais nomes das divisões meio-médio (77 kg) e peso-médio (84 kg), categorias nas quais atua. Até então sem sucesso em sua empreitada, a nova sensação do UFC parece, enfim, ter conseguido chamar a atenção de um importante nome do plantel da entidade.

Na última semana, Chimaev afirmou, através de publicação em sua conta no 'Twitter' (veja abaixo ou clique aqui), que Stephen 'Wonderboy' Thompson e Chris Weidman teriam recusado propostas do UFC para enfrentá-lo. Apesar de demorar alguns dias, o ex-campeão do peso-médio aparentemente tomou ciência da alegação e rebateu o russo naturalizado sueco. Pela mesma rede social (veja abaixo ou clique aqui), o americano se mostrou disposto a encarar a jovem promessa e, inclusive, sugeriu uma data para o confronto.

"Eu só quero que meus fãs saibam e as pessoas que me apoiam que o UFC me ofereceu Wonderboy (Stephen Thompson) e ele recusou, na 77 (kg), e também Chris Weidman, no 84 (kg), que também recusou. Eu estou vindo para todos", escreveu Khamzat, no último dia 9.

"Esse cara Chimaev precisa aprender a ser humilde, (eu) adoraria fazer isso. Janeiro, eu estou dentro! UFC faça isso acontecer", respondeu Weidman.

No UFC desde julho deste ano, Khamzat Chimaev conquistou três dominantes vitórias em suas primeiras apresentações pela principal liga de MMA do mundo, todas no curto período de dois meses, duas delas com apenas dez dias de diferença, novo recorde da entidade. A postura extremamente confiante e o desempenho dentro do octógono lhe renderam apelo na mídia e entre os fãs, além de garantir a ele, de acordo com Dana White - presidente do Ultimate -, a chance de liderar um card do evento em seu próximo compromisso, provavelmente contra um rival ranqueado.

Por sua vez, Chris Weidman vem de importante vitória sobre Omari Akhmedov, em agosto deste ano, no seu retorno à divisão até 84 kg, após rápida e frustrada passagem pelos meio-pesados (93 kg). O triunfo quebrou a sequência de duas derrotas por nocaute consecutivas, sofridas pelo ex-campeão dos médios, décimo colocado no ranking da categoria.

I just want to let my fans know and the people who support me the ufc offer me wonder boy and he turned it down at 170 and also chris Weidman at 185 who also turned it down. I'm coming for everyone

- Khamzat Chimaev (@KChimaev) October 9, 2020

This guy Chimeav needs some humbling would love to do that. January I'm in! @ufc make this happen.

- Chris Weidman (@chrisweidman) October 16, 2020

Esporte