PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Após 30 meses sem lutar, Danilo Marques vence por pontos em estreia no UFC

Danilo Marques venceu Khadis Ibragimov no UFC 253  - Josh Hedges/Zuffa LLC
Danilo Marques venceu Khadis Ibragimov no UFC 253 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC

Natássia del Fischer, em Abu Dhabi (EAU)

Ag. Fight

26/09/2020 20h44

Estreante no UFC e primeiro brasileiro a entrar em ação no octógono neste sábado (26), Danilo Marques encarou o russo Khadis Ibragimov no duelo de abertura do card de número 253 da organização. E apesar do duelo ser a primeira aparição do pupilo de Rafael Cordeiro desde fevereiro de 2018, sua vitória foi incontestável.

Depois de claramente sentir a falta de ritmo no octógono, Danilo conseguiu quedas e dominou o combate no chão, onde não traduziu as posições favoráveis em contundência nos seus ataques. Melhor em pelos menos dois assaltos, o veterano de 34 anos anotou o décimo triunfo em seu cartel como profissional, que ainda conta com duas derrotas.

Por sua vez, Khadis Ibragimov perdeu sua quarta disputa seguida no evento e, aos 25 anos, corre sério risco de ser cortado do maior evento de artes marciais do mundo., Profissional no MMA desde 2017, o jovem acumula cartel com oito vitórias e quatro tropeços.

A luta

Logo nos primeiros segundos, Danilo mergulhou em uma tentativa de queda, deixando clara a sua intenção de levar o combate para o chão. E com essa tônica, o primeiro round se desenrolou com o rival russo defendendo a maioria dos ataques e contra golpeando da curta distância. Em certa oportunidade, Ibragimov segurou na grade para evitar ficar por baixo e foi advertido pelo árbitro - o que não alterou a vantagem conquistada: Ibragimov 10 x 9 Danilo.

Na etapa seguinte, o brasileiro conseguiu pegar as costas do oponente na metade dos cinco minutos disputados e por lá ficou. Depois de certa insistência em um estrangulamento, que foi bem defendido por Ibragimov, Danilo pouco golpeou, economizando energia para tentar uma chave de braço nos segundos finais: Ibragimov 19 x 19 Danilo.

O último round contou com os dois atletas demonstrando cansaço. E esse cenário favoreceu ao brasileiro, que aproveitou a pouca movimentação de Ibragimov para voltar a derrubar e trabalhar no chão onde, embora tivesse vantagem de posicionamento, ele pouco golpeou. Vitória apertada! Ibragimov 28 x 29 Danilo.

MMA