PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Irmão de Amanda Ribas volta ao MMA devido ao sucesso dela no UFC

Amanda Ribas está na 12ª colocação na liga; irmão Arthur Ribas voltou ao MMA depois de 5 anos inspirado no sucesso dela - Mike Roach/Zuffa LLC
Amanda Ribas está na 12ª colocação na liga; irmão Arthur Ribas voltou ao MMA depois de 5 anos inspirado no sucesso dela Imagem: Mike Roach/Zuffa LLC

Carlos Antunes, no Rio de Janeiro (RJ)

Ag. Fight

08/09/2020 07h00Atualizada em 08/09/2020 10h40

Uma das grandes promessas do UFC da atualidade, Amanda Ribas está, até o momento, invicta na liga, após quatro duelos. Ela é a 12ª colocada do ranking e já vem despontando como uma futura postulante ao cinturão do peso-palha (52 kg).

Atento a este sucesso, seu irmão Arthur Ribas se empolgou e decidiu retornar ao MMA após cinco anos de ausência.

Arthur, de 28 anos, deu crédito total à sua irmã por tomar a decisão de voltar. O lutador, que recentemente recebeu a proposta de integrar o plantel dos contratados do 'Taura MMA', pretende explorar o sucesso que Amanda tem feito para que isso lhe abra portas.

"Minha irmã foi me inspirando, porque ela é um exemplo de dedicação. Vi ela lutando, treinando duro e colhendo os resultados. Gostei e comecei a treinar. Já que minha irmã tem vários contatos, quis aproveitar também", disse aos risos.

Arthur tem três vitórias e uma derrota na carreira. Após assinar com o Taura, ele espera que sua estreia aconteça no fim deste ano ou no máximo em janeiro de 2021.

O meio-médio (77 kg) ressaltou que não poderia estar em uma organização melhor para seu retorno, e que já mira voos mais altos na carreira, como chegar ao UFC.

"Meu pai [Marcelo Ribas] estava conversando com os contatos dele e o Taura apareceu. Fechamos logo. Peguei o embalo do sucesso da minha irmã. Então vou entrando nos eventos grandes. Claro que quero lutar no UFC, mas o Taura está crescendo e assinar com eles já foi uma grande emoção", afirmou.

Assim como Amanda Ribas, seu irmão pode seguir os passos e fazer parte do camp na American Top Team, equipe com sede localizada na Flórida, nos Estados Unidos.

Quando tem compromisso fechado pelo Ultimate, a lutadora costuma iniciar os treinos em Varginha, em Minas Gerais, sua cidade natal, e finalizar na equipe americana.

Ciente dos benefícios que treinar na equipe pode trazer, Arthur admitiu que deve fazer o mesmo planejamento.

"Ainda não decidi, mas tem muita possibilidade de fazer o camp lá. O [Marcos] 'Parrumpinha' é de lá e gostamos do treino dele. Então tem essa chance sim. Lá tem muito material técnico. É muita coisa positiva", finalizou o atleta.

MMA