PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Juiz admite erro e pede desculpas a Cormier por ter ignorado dedada no olho

Daniel Cormier leva dedada no olho em luta contra Stipe Miocic - Reprodução
Daniel Cormier leva dedada no olho em luta contra Stipe Miocic Imagem: Reprodução

Ag. Fight

Ag. Fight

17/08/2020 07h00

Responsável por mediar a luta principal do UFC 252, realizado no último sábado (15), em Las Vegas (EUA), Marc Goddard admitiu ter errado ao não interromper o combate e advertir Stipe Miocic por uma dedada no olho acidental aplicada sobre Daniel Cormier. Em sua conta oficial no Twitter, o árbitro se desculpou com o ex-campeão meio-pesado (93 kg) e peso-pesado do Ultimate.

Apesar de confirmar o equívoco, Marc Goddard destacou a dificuldade de reconhecer a infração cometida por Stipe no momento da luta, já que não conta com o recurso de olhar o lance novamente pela televisão, como em outros esportes. Na entrevista pós-luta, Cormier revelou que não conseguiu enxergar mais pelo olho esquerdo após a dedada acidental, que ocorreu no terceiro assalto da disputa pelo título, decidida na decisão dos juízes após cinco rounds em favor do campeão Miocic.

"Eu pratico o que eu prego, e como um homem eu me mantenho firme e com a cabeça em frente. Se você aceita aplausos, então você deve aceitar erros também. Isso é prova que você está ouvindo, honesto, e implora por aprimoramento. Aspectos positivos e negativos, aceitação e responsabilidade. Imediatamente após a luta, quando vi o replay, eu pedi desculpas para Daniel (Cormier) e seu time, e eu o faço também publicamente e abertamente por deixar passar o que eu não deveria - mas eu não posso marcar o que eu não vejo. Eu não tenho replay e múltiplos ângulos, é uma tomada só em tempo real. Eu não posso expressar o quanto eu tenho vivido e amado esse esporte pelos últimos 20 anos. Eu realmente agradeço a todos que entendem", escreveu Marc Goddard.

De acordo com um relato da 'ESPN' americana, Daniel Cormier - que foi levado a um hospital local após a disputa - sofreu uma lesão na córnea. A princípio, o americano não precisará passar por uma cirurgia, mas os médicos devem monitorar como será a recuperação para ter certeza do diagnóstico.

O terceiro combate entre Daniel Cormier e Stipe Miocic marcou, além do desempate no placar do duelo, o encerramento da carreira do primeiro. Aos 41 anos, 'DC' confirmou após a peleja que o capítulo final da trilogia contra o rival foi também sua última apresentação no octógono do Ultimate.

MMA