PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Dana critica médico por não interromper duelo principal do UFC Las Vegas

Derek Brunson (esq) acerta Edmen Shahbazyan durante UFC em Las Vegas - Chris Unger/Zuffa LLC via Getty Images
Derek Brunson (esq) acerta Edmen Shahbazyan durante UFC em Las Vegas Imagem: Chris Unger/Zuffa LLC via Getty Images

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

02/08/2020 12h13

A luta principal do card do UFC, realizado na madrugada de hoje, contou com mais uma polêmica para as estatísticas da organização. E o presidente Dana White não perdeu tempo em condenar a postura do médico, que não interrompeu a disputa entre Derek Brunson e Edmen Shahbazyan no intervalo entre o segundo e terceiro assalto.

De fato, Brunson praticamente nocauteou seu oponente no final da segunda etapa com um poderoso ground and pound. No entanto, após o intervalo entre os rounds, o médico foi chamado para avaliar as condições de Shahbazyan, o que levou mais alguns minutos, permitindo sua breve recuperação. Ao retornar à disputa, o parceiro de treino de Ronda Rousey foi nocauteado em meros 26 segundos do terceiro assalto.

"Shahbazyan parecia que estava acabado no final do round. Acho que o médico poderia ter parado... Primeiro de tudo, o médico era inexperiente. Não sei nada sobre ele, mas nunca o vi antes", afirmou Dana. "Você tem o Brunson terminando o assalto bem forte, muitos poderiam dizer que a luta poderia ter acabado ali. Tenho certeza que o árbitro pensou que ele se recuperaria no intervalo".

UFC Las Vegas tem vitórias de Jennifer Maia, Vicente Luque e Derek Brunson

No entanto, a demora em analisar o estado do atleta foi o estopim para a reclamação do cartola. De acordo com ele, os minutos gastos sem que uma decisão fosse tomada de fato permitiram que Shahbazyan se recuperasse momentaneamente e retornasse para a disputa de forma desnecessária, apenas para sofrer mais golpes.

"O que você não faz é falar com o cara por malditos dez minutos enquanto ele está machucado. Ou você para a luta, ou você deixa ela continuar. Você estava deixando o garoto se recuperar enquanto você tem o Brunson esperando o sinal para voltar para o round e terminar a luta. Puxe o gatilho de alguma forma. Pare a luta ou não."

Confira os resultados do UFC Las Vegas:

Derek Brunson nocauteou Edmen Shahbazyan no 3º round;
Jennifer Maia finalizou Joanne Calderwood no 1º round;
Vicente Luque nocauteou Randy Brown no 2º round;
Bobby Green venceu Lando Vannata por decisão unânime;
Jonathan Martinez nocauteou Frankie Saenz no 3º round;
Nathan Maness venceu Johnny Muñoz por decisão unânime;
Jamall Emmers venceu Vincent Cachero por decisão unânime;
Chris Gutiérrez e Cody Durden empataram.

MMA