PUBLICIDADE
Topo

MMA


Dana White diz que não ficaria surpreso se McGregor voltar a lutar pelo UFC

Conor McGregor decidiu se aposentar por estar desmotivado no UFC - Getty Images
Conor McGregor decidiu se aposentar por estar desmotivado no UFC Imagem: Getty Images

Ag. Fight

Ag. Fight

10/07/2020 07h00

A aposentadoria de Conor McGregor do MMA, anunciada pelo atleta em junho deste ano, ainda é um assunto que Dana White, presidente do UFC, precisa comentar constantemente. Desta vez, em declaração à FOX Sports americana, durante o lançamento dos eventos da 'Ilha da Luta', que tem início neste sábado (11), o mandatário revelou que tem esperança que o irlandês mude de ideia e volte a atuar ainda em 2021.

Uma das justificativas de McGregor em não querer mais lutar foi por ele sentir que não tinha mais desafios à sua altura na organização. No entanto, de acordo com o cartola, com o andamento dos meses e diversos confrontos programados, principalmente o que vale o título do peso-leve (70 kg) entre Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje, especulado para setembro, o ex-campeão do peso-pena (66 kg) e dos leves da liga poderia se animar em retornar ao octógono.

"Eu não ficaria surpreso se ele aparecesse e quisesse lutar com alguém no próximo ano, depois de todas essas lutas. (...) Ele consegue escolher o que quer fazer agora e está nesse ponto de sua carreira em que ainda restam algumas lutas", afirmou o mandatário, antes de comentar que essa decisão de Conor também se deve ao fato dele já ser um atleta rico e não precisar lutar para se sustentar.

"Não há dúvida de que Conor McGregor é um dos melhores do mundo. O que está acontecendo com McGregor é o que acontece com todos os lutadores quando eles se tornam extremamente ricos, e ele é rico", concluiu.

Conor McGregor começou sua caminhada de sucesso no Ultimate em dezembro de 2015, quando conquistou o cinturão peso-pena (66 kg) ao nocautear José Aldo com 13 segundos de luta. Já em 2016, o irlandês faturou o cinturão do peso-leve (70 kg), ao derrotar Eddie Alvarez por nocaute. Porém, o atleta perdeu o título por inatividade, já que ficou focado em uma super luta de boxe contra Floyd Mayweather. Na tentativa de recuperar sua coroa, em outubro de 2018, 'The Notorious' foi finalizado por Khabib Nurmagomedov. Em seu retorno à liga, em janeiro deste ano, o irlandês nocauteou Donald Cerrone com apenas 40 segundos de luta, na luta principal do UFC 246.

MMA