PUBLICIDADE
Topo

Técnico revela razões e o que muda com decisão de Marreta de morar nos EUA

Carlos Antunes, no Rio de Janeiro (RJ)

Ag. Fight

20/06/2020 08h00

'Marreta' ainda não tem data para retornar ao cage - Leandro Bernardes/PXImages

Na última semana, Thiago 'Marreta' anunciou que vai se mudar de vez para a Flórida (EUA) ao lado da sua namorada e também atleta do UFC Yana Kunitskaya e, dessa maneira, realizar seus treinos em tempo integral na equipe 'American Top Team', localizada no estado. Com essa alteração, o brasileiro não vai mais fazer o início do camp na 'Tata Fight Team', sua equipe desde que deu os primeiros passos na modalidade. Para explicar como vai ser o futuro do meio-pesado (93 kg), seu treinador e líder do time, 'Tatá' Duarte, deu detalhes dessa decisão e o que vai mudar nas atividades do atleta.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag.Fight, 'Tatá' explicou como será preparação de 'Marreta' para seu próximo compromisso na organização, ainda sem data marcada. De acordo com ele, a principal alteração será a falta do acompanhamento diário. Afinal, a última fase de treinos do veterano, como nos seus últimos camps para compromissos no Ultimate, já era realizada na academia do estado americano da Flórida.

"A diferença vai ser no dia-a-dia mesmo, que ele fazia aqui na TFT e que não vai fazer mais. Mas quando vier para o Brasil, já que ele abriu uma academia aqui, então vem bastante e vai ficar na TFT. Quando chegar a luta dele eu vou para lá ficar um mês e pouco, como já fazia. Só vai mudar isso da introdução do camp que fazia aqui mesmo. Mas ele já está muito maduro, sabe os caminhos. Já tem uma caminhada longa no UFC, com muitos altos e baixos, então já sabe onde acertar, onde errou", adiantou o técnico.

Com uma relação praticamente de pai e filho com o atleta, o treinador revelou que a mudança de 'Marreta' para os Estados Unidos já era cogitada há bastante tempo pelo próprio lutador. Segundo o técnico, a intenção do ex-desafiante ao título da divisão era "fugir" do Brasil e levar uma vida mais tranquila nos EUA. O que motivou ainda mais o carioca a tomar essa decisão foi seu relacionamento com a russa Yana Kunitskaya, que já mora no país, mas que atualmente está com o brasileiro no Rio de Janeiro.

"Era um negócio que ele já tinha em mente. Há uns dois anos deu entrada no visto e tirou. Ele gosta muito da Flórida, do estilo de vida lá. Então antecipou um pouco, ainda mais pelo relacionamento com a Yana. Ela gosta dos Estados Unidos. Era um processo natural. Ele já tem uma certa idade e quer meio que fincar raízes lá, daqui a pouco pode querer abrir academia lá. Ele quer uma vida mais tranquila, mais pacata", disse o treinador, antes de revelar quando o brasileiro pretende se mudar de vez.

"Ele só está esperando a luta dele e vai aproveitar a passagem. Ele já tinha isso no coração. Sabe como é o Brasil, né?! Muita gente pedindo coisa, é o tempo inteiro contando desgraça para o cara, querendo tirar alguma casaquinha. Então ele estava cansado disso. Aquele parente da décima geração que nunca viu na vida. Então ele quer um pouco de sossego. Para a Yana seria difícil ficar no Brasil por causa de visto também. Ela já tem lá nos Estados Unidos por ser atleta do UFC, então ficou mais fácil para ele", completou.

De acordo com 'Tatá', Thiago 'Marreta' já está totalmente recuperado das cirurgias nos dois joelhos, realizadas no ano passado devido às lesões que aconteceram em julho de 2019 em luta diante de Jon Jones, pelo cinturão dos meio-pesados. Desde então, o brasileiro não atua, mas para o treinador sua volta está próxima, já que ele treina forte e sem restrições, mesmo sem adversário.

Esporte