PUBLICIDADE
Topo

MMA


Chookagian evita empolgação após atropelo em Vegas: "Não fiquei surpresa"

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

01/06/2020 13h31

Após ser derrotada por Valentina Shevchenko, em fevereiro deste ano, e perder a chance de conquistar o cinturão peso-mosca (57 kg) do Ultimate, Katlyn Chookagian se recuperou em grande estilo e venceu Antonina Shevchenko com uma decisão unânime, no último sábado (30), no UFC Las Vegas. Apesar do amplo domínio na luta, a americana não se deixou empolgar.

Em coletiva de imprensa após o evento, com a presença da reportagem da Ag.Fight, a lutadora, mesmo com uma atuação avassaladora durante todo o confronto, adiantou que não viu grande mudança da sua última apresentação para essa. No entanto, ela destacou que pode ter a confiança necessária para realizar seu trabalho e, dessa maneira, lutar como gostaria.

"É realmente bom. Não acho que melhorei desde a minha última luta. Sempre tive essa capacidade. É apenas ter a confiança para realizar. Eu acho que as pessoas que estão mais próximas de mim sabem que do que sou capaz. Então, não estou surpresa porque sei que posso fazer isso, mas ser capaz de finalmente mostrar isso dentro do octógono é uma sensação muito boa", disse a lutadora, antes de comentar sobre suas chances de conseguir uma nova oportunidade de lutar pelo título.

"Eu só quero continuar lutando. Obviamente, quero lutar pelo título novamente - caso contrário, não faria isso. Eu entendo que acabei de perder (uma luta pelo título) e há algumas outras garotas que terão a oportunidade. Eu só quero continuar lutando. Não ligo para onde eles estão classificadas", completou.

No Ultimate desde 2016, Katlyn Chookagian possui nove triunfos e apenas três derrotas. Nas suas últimas cinco apresentações, a lutadora venceu Joanne Calderwood, Jennifer Maia e agora Antonina Shevchenko. Seus reveses aconteceram para Valentina Shevchenko e Jessica Eye.

MMA