PUBLICIDADE
Topo

MMA


Durinho revela conselho de Belfort antes de luta: "Disse que vou nocautear"

Gilbert Burns, o Durinho, recebeu apoio de Vitor Belfort - Buda Mendes/Zuffa LLC
Gilbert Burns, o Durinho, recebeu apoio de Vitor Belfort Imagem: Buda Mendes/Zuffa LLC

Carlos Antunes, no Rio de Janeiro (RJ)

Ag. Fight

30/05/2020 12h22

Em março deste ano, Gilbert 'Durinho' conseguiu sua vitória mais expressiva dentro do Ultimate ao nocautear Demian Maia, ainda no primeiro round, no UFC Brasília.

Um dos 'profetas' do desfecho desse combate foi Vitor Belfort, que antes do combate adiantou seu palpite para o confronto. Agora, antes do duelo do meio-médio (77 kg) diante de Tyron Woodley, neste sábado (30), na luta principal do UFC Las Vegas, o 'Fenômeno' novamente revelou para seu pupilo como ele vai vencer a disputa.

Quem adiantou esse fato foi o próprio 'Durinho' que, em entrevista exclusiva à reportagem da Ag.Fight, revelou que teve uma longa conversa com o ex-campeão do Ultimate nesta semana. De acordo com o atleta natural de Niterói (RJ), Belfort destacou o seu poder com as mãos para confiar que ele novamente vai vencer por nocaute.

"Ele me ligou na terça-feira. Ele me disse que vou nocautear o Woodley. Não sei. Tenho a mão boa, afiada, mas fiz bastante jiu-jitsu, wrestling, preparação física demais. Estou num gás ótimo, embalado. Acredito muito que vou ganhar, do mesmo jeito que confiava que ia vencer o Demian, que ia nocautear. Tenho essa mesma fé e vontade. Acho que vou finalizar ou nocautear. O Vitor disse que é nocaute. Vamos ver", adiantou o atual número seis do ranking da divisão.

Além da profecia de Belfort sobre o fim do duelo contra Woodley, 'Durinho' também adiantou que o ex-lutador do UFC e atual do ONE Championship fez questão de saber como estava seu psicológico para o confronto, por ser tratar de um main event e todos os olhares estarem voltados para ele. Mas segundo o meio-médio, apesar de saber a importância do duelo, ele admitiu que mantém seu foco e sabe do seu potencial para se colocar nessa posição de destaque em um evento do Ultimate.

"A gente conversou sobre questão de pressão, de toda luta ser importante, para não ficar tão nervoso por ser um main event. Estou lidando da mesma maneira. Só dei muita entrevista, mas fora isso, é a mesma coisa. O banner da luta vai ser uma recordação legal, mas estou focado na luta. Sempre acreditei que um dia ia fazer o main event. Ele me disse que quando chegamos nesse nível, de estar entre os 15 primeiros, fica tudo muito parecido. Falamos sobre técnica, estratégia. O Vitor é muito inteligente. Muita gente não tem ideia da noção de luta que ele tem", completou.

No MMA profissional desde 2012, com 18 vitórias e apenas três derrotas, Gilbert 'Durinho' vive seu melhor momento dentro do Ultimate. Atualmente na sexta colocação do ranking dos meio-médios, o brasileiro acumula cinco vitórias seguidas no UFC. A última delas aconteceu em março deste ano, quando nocauteou Demian Maia, em edição realizada em Brasília.

MMA