PUBLICIDADE
Topo

MMA


Durinho admite inspiração em Usman e promete melhor atuação contra Woodley

Carlos Antunes, no Rio de Janeiro (RJ)

Ag. Fight

28/05/2020 14h27

Neste sábado (30), Gilbert 'Durinho' vai fazer sua principal luta na carreira até o momento. O atleta natural de Niteró (RJ) realiza o duelo da noite do UFC Las Vegas, diante do ex-campeão dos meio-médios (77 kg) Tyron Woodley. E para alcançar esse triunfo, o especialista de em jiu-jitsu revelou, em entrevista exclusiva à reportagem da Ag.Fight, que tem como inspiração alguém que está ao seu lado em todo o treinamento: Kamaru Usman, atual campeão da divisão e o último algoz de seu rival.

Apesar de ter menos de um ano na categoria dos meio-médios, 'Durinho' teve uma ascensão impressionante e atualmente ocupa a sexta colocação do ranking, com três vitórias seguidas. E o brasileiro confessou que se espelha no nigeriano, companheiro de equipe na Hard Knocks 365, para alcançar esse sucesso rápido na divisão.

"Ele (Usman) não falava muito, mas lutava demais, ganhava de todo mundo. Entrou no ranking e depois foi logo campeão. Então me vejo muito pelo lado do Kamaru. Hoje em dia vale muito a rede social, é maneiro, acho que estou fazendo um bom trabalho lá, mas é bom quando está ganhando. Depois dessa luta vou falar muito. Mas antes procuro fazer meu trabalho e treinar muito", revelou o brasileiro, antes de completar que seu colega de time, que foi o último a vencer Woodley, inclusive lhe passou dicas.

"Antes da luta ele me passou várias coisas do Woodley, disse o que preciso fazer, trocamos uma ideia legal. Ele é um cara que treino muito, ele gosta de treinar e fazer umas parcerias comigo de wrestling, jiu-jitsu, no sparring. Ele me passou muita coisa e eu vi toda sua trajetória. Eu entrei no UFC antes dele e o vi chegar, ganhar o TUF e virar campeão. Ele me inspira muito", finalizou o brasileiro.

Esse confronto também vai marcar a primeira vez que o atleta vai encabeçar um show do Ultimate e também fazer um combate de cinco rounds, fato que tem sido bastante explorado pelo seu rival ao provocá-lo. Mas com a cabeça tranquila, o faixa-preta de jiu-jitsu analisou sua situação e admitiu que se sente subestimado por seus rivais.

"Estou amarradão que vai ser main event, o meu primeiro. Ele (Woodley) está falando tanta coisa que nem sabe o que fala mais (risos). Só sei que ele não vai ter para onde correr no sábado. Acho que ele está me subestimando. Mas todos que fizeram isso viram a minha melhor performance. Mal posso esperar para fazer cinco rounds, socar a cara dele e de uma galera. Não vai ser para calar a boca de ninguém, mas vou mostrar meu potencial e confio que posso fazer cinco rounds em alto rendimento", disse.

Em recente declaração, Woodley afirmou que vai ter uma das suas melhores atuações na carreira contra o brasileiro e o fará se arrepender de ter pedido tanto por esse embate desde março deste ano. Mas 'Durinho' não se mostrou incomodado com essas palavras do adversário e avisou que sabe como pará-lo.

"Ele é falastrão. Ele fala isso, mas vamos ver quando chegar a hora. Estudei bem o jogo dele, reparei suas últimas derrotas, quando os caras conseguem abafar, toda a estratégia de frustrar ele e ele se frustra muito. Ele disse que vai conversar comigo na hora da luta. Tenho muita coisa para falar. No intervalo do round vou ver que ele está cansado e mandar: 'Já está cansado?'", disparou.

No MMA profissional desde 2012, com 18 vitórias e apenas três derrotas, Gilbert 'Durinho' vive seu melhor momento dentro do Ultimate. Atualmente na sexta colocação do ranking dos meio-médios, o brasileiro acumula cinco vitórias seguidas no UFC. A última delas aconteceu em março deste ano, quando nocauteou Demian Maia, em edição realizada em Brasília.

MMA