PUBLICIDADE
Topo

Evento de boxe sem luvas faz oferta a Tyson e mira luta com Wanderlei Silva

Mike Tyson negou oferta inicial, mas presidente de evento acredita em mudança - Donald Kravitz/Getty Images
Mike Tyson negou oferta inicial, mas presidente de evento acredita em mudança Imagem: Donald Kravitz/Getty Images

Da Ag. Fight

25/05/2020 10h15Atualizada em 25/05/2020 12h31

Neste mês, Mike Tyson confirmou que vai retornar às competições, aos 53 anos, visando duelos de caridade. Com a notícia, muitas organizações já se mexem para tentar trazer o pugilista para superlutas. O Bare Knuckle FC — franquia que realiza duelo de boxe sem luvas — é uma delas e já tem até um adversário pré-definido: Wanderlei Silva.

Em entrevista ao site 'MMA Fighting', o presidente da liga, David Feldman, disse que ofereceu um contrato a Tyson superior a U$ 20 milhões — cerca de R$ 110 milhões — e mais algumas variáveis em questão de doações de caridade. Sua intenção seria que ele pudesse realizar um duelo contra o 'Cachorro Louco'. Mas, por enquanto, não é algo concreto.

"Acho que sei o que precisamos fazer para que isso aconteça. Eu acho um Wanderlei Silva, alguém dessa natureza [para uma luta]. Não importa quantos anos Silva tenha, ele é perigoso, e seria um duelo intrigante", disse o dirigente, antes de emendar que Tyson rechaçou a primeira oferta da franquia, mas ele ainda segue na esperança de um acordo ser fechado.

"Ainda não conseguimos fazer essa coisa do Mike acontecer. Mas acho que a porta não está fechada. Ele disse não imediatamente. Mas acho que há espaço lá", completou.

No último fim de semana, Tyson deu mais uma pista sobre seu retorno aos ringues. Em entrevista ao rapper Lil Wayne, no programa 'Young Money Radio', o ex-campeão mundial revelou que o contrato para a luta que marcará sua volta ao esporte deve ser finalizado nesta semana.

Mike Tyson chamou a atenção do mundo das lutas ao divulgar imagens de seu retorno aos treinos recentemente. Sob o comando do treinador brasileiro Rafael Cordeiro, líder da 'Kings MMA', a lenda do boxe surpreendeu a todos por continuar demonstrando potência e explosão física em seus golpes, mesmo durante um treinamento de manopla.

Wanderlei Silva não atua desde setembro de 2018, quando foi superado por Rampage Jackson, no Bellator. Nos mais de 20 anos dedicados ao MMA, o brasileiro somou 35 vitórias, 14 derrotas, um empate e um 'no contest' (luta sem resultado).

Esporte