PUBLICIDADE
Topo

MMA


Brasileiro relata como foi lutar sem público no UFC por conta da pandemia

Vicente Luque contou que ouvia treinadores e comentaristas durante a luta - Reprodução
Vicente Luque contou que ouvia treinadores e comentaristas durante a luta Imagem: Reprodução

Ag. Fight

Ag. Fight

11/05/2020 13h51

Após ter sua sequência de vitórias quebrada em novembro do ano passado, ao ser superado por Stephen Thompson, Vicente Luque retomou o caminho das vitórias com o triunfo por nocaute técnico sobre Niko Price no UFC 249, realizado no último sábado (9), em Jacksonville (EUA). O evento, que marcou o retorno das atividades do Ultimate após paralisação devido à pandemia do novo coronavírus, trouxe novidades provocadas pelas medidas preventivas adotadas pela companhia, como a ausência do público presente na arena, fato que chamou a atenção do brasileiro.

Em coletiva de imprensa após o show, Vicente admitiu que, devido à ausência do público na arena, conseguia ouvir claramente as instruções passadas tanto pelo seu corner quanto pela equipe do adversário, o que o ajudou a antecipar algumas situações do combate em seu favor. O silêncio no local ainda o deixou escutar os comentários feitos pela equipe de transmissão oficial do UFC, em especial as palavras de Joe Rogan, que alertava para uma possibilidade de perigo sofrido pelo brasileiro no primeiro round.

"Eu conseguia ouvir os dois corners claramente. Não é tanto que eu estava antecipando o que ele ia fazer, mas, especialmente quando o corner do Niko queria que ele me pressionasse, eu pensava: 'Eu vou pressioná-lo agora e não deixar que ele cresça e ganhe vantagem sobre mim'. Então, definitivamente é algo diferente não ter uma plateia, ser capaz de ter outra visão da luta. Eu não ouvia apenas o meu corner, mas eu podia ouvir o corner dele, se nós soubermos trabalhar com isso, é sempre bom", explicou Luque, antes de admitir que ouviu também os comentários da equipe de transmissão durante a luta.

"Eu ouvi (os comentaristas). Especificamente, eu ouvi Joe Rogan, eu acho que foi no primeiro round, quando Niko me derrubou e tentou a (finalização) D'Arce. E eu ouvi Joe Rogan dizer: 'Oh, ele está tentando a D'Arce'. E na minha mente eu pensei: 'Não, ele não vai conseguir a D'Arce, eu sou o cara da D'Arce, eu vou sair disso agora mesmo'. Foi engraçado. Eu podia ouvir muita coisa, podia ouvir claramente todo mundo que estava lá, mas, ao mesmo tempo, estava muito focado na luta", concluiu.

Com o resultado, Vicente Luque soma sete vitórias e apenas uma derrota em suas últimas oito apresentações no octógono mais famoso do planeta. Atual 13º colocado no ranking dos meio-médios (77 kg), o brasileiro revelou que pretende encarar um adversário ranqueado em sua próxima batalha.

MMA