PUBLICIDADE
Topo

Lutador do Bellator é assassinado por disparos de arma de fogo

Ag. Fight

09/04/2020 14h09

O mundo do MMA está de luto. Nesta quinta-feira (9), o Bellator confirmou, através de uma publicação em sua conta oficial no 'Twitter' (veja abaixo ou clique aqui), a morte do lutador Isaiah Chapman, membro do seu plantel de atletas. A entidade lamentou o ocorrido e deixou o link de uma campanha de arrecadação de fundos criada para ajudar nos gastos com o funeral e para auxiliar sua família. O americano, que tinha 30 anos de idade, deixa três filhos - duas meninas e um menino.

De acordo com o site 'MMA Junkie', Chapman foi assassinado por disparos de arma de fogo na última terça-feira (7), na cidade de Akron, em Ohio (EUA), onde residia. Citando o tenente Michael Miller, o 'Akron Beacon Journal' relatou que os oficiais responderam a um chamado de tiros disparados às 21h40, horário local. Ao chegarem à cena do crime, os policiais encontraram um homem baleado na rua, que foi transportado ao hospital, onde mais tarde foi constatada sua morte.

"O Bellator está entristecido pelas notícias da morte de Isaiah Chapman. Nossas mais sinceras e profundas condolências estão com sua família e amigos nesse momento difícil", dizia o comunicado do Bellator no 'Twitter'.

No MMA profissional desde 2012, Isaiah Chapman fez sua primeira e última luta pelo Bellator em outubro do ano passado, ao ser finalizado por Patrick Mix. Em sua carreira - encerrada por sua morte precoce -, o americano acumulou nove vitórias e quatro reveses.

Bellator is saddened by the news of Isaiah Chapman's passing. Our deepest and most sincere condolences are with his family and friends during this difficult time.

Hit the link below to donate at gofundme.https://t.co/P23ztU6kd5 pic.twitter.com/OCrKpkcn5Y

- BellatorMMA (@BellatorMMA) April 9, 2020

Esporte