PUBLICIDADE
Topo

MMA


'Durinho' revela que Belfort previu seu nocaute sobre Demian no UFC

Carlos Antunes, no Rio de Janeiro (RJ) e Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

06/04/2020 07h00

Não é novidade para ninguém a relação de proximidade entre Gilbert 'Durinho' e Vitor Belfort. O atleta natural de Niterói (RJ) contou com a ajuda do ex-campeão do Ultimate para fazer sua transição do jiu-jitsu para o MMA e conta até hoje com a ajuda do 'Fenômeno' para seus compromissos. O último deles, que aconteceu dia 14 de março, em Brasília, diante de Demian Maia, teve uma dica fundamental para a vitória.

Em entrevista ao vivo pelo Youtube à reportagem da Ag. Fight (clique ">aqui ou veja abaixo), 'Durinho' revelou que Belfort adiantou como ele venceria o compatriota. Ainda no primeiro round, o lutador soltou um cruzado que levou Demian à lona, justamente como o ex-campeão havia dito.

"No dia da luta ele disse que eu ia nocautear o Demain com um cruzado. Ele disse que o Demian estava esperando seu overhand, aí falou para eu nem jogar, jogar devagarzinho, só para marcar e jogar um cruzado. Você vai nocautear com um cruzado", contou o meio-médio (77 kg).

Com a proximidade novamente de dividirem o mesmo espaço da academia, 'Durinho' não descartou a possibilidade de ter novamente Belfort em seu córner. Apesar de admitir que conta com muita ajuda nessa função, como seu irmão Herbert Burns e também Vicente Luque, o meio-médio confessou que se o 'Fenômeno' estiver disponível e ele precisar dos seus conselhos, não vai hesitar em chamá-lo.

"Ele entende muito de luta, sabe muito. Acho que sim (pode ser córner). A gente tem um bom relacionamento e é um aprendizado sinistro estar com o Vitor. Ele tem muito fã, mas teve uma galera da luta que ficou meio assim com o lance do TRT dele, trocar muito de equipe, mas ele sabe muito. Tem chance sim. Aprendo muito com ele, se ele tiver disponibilidade e eu achar que preciso dele, acho que sim", adiantou o atual número seis da divisão.

No MMA desde 2012, Gilbert 'Durinho' Tem 18 vitórias e apenas três derrotas a carreira. Atualmente na sexta colocação do ranking dos meio-médios, o brasileiro acumula cinco vitórias seguidas no Ultimate, sendo as últimas três delas na categoria até 77 kg.

MMA