PUBLICIDADE
Topo

MMA


McGregor 'parabeniza' Ferguson e provoca Khabib: "Amarelou primeiro"

Sarcástico, Conor McGregor relembrou o histórico de combates cancelados entre Khabib Nurmagomedov e Tony - Reprodução
Sarcástico, Conor McGregor relembrou o histórico de combates cancelados entre Khabib Nurmagomedov e Tony Imagem: Reprodução

Ag. Fight

02/04/2020 13h49

A confirmação por parte de Khabib Nurmagomedov de que não estaria apto para defender o cinturão peso-leve (70 kg) diante de Tony Ferguson no UFC 249, marcado para o dia 18 de abril, movimentou a comunidade do MMA. O cancelamento do duelo, pela quinta vez, provocou a reação de fãs, especialistas e lutadores, entre eles, Conor McGregor, rival de longa data e desafeto declarado do russo.

O irlandês utilizou sua conta oficial no 'Twitter' para provocar Nurmagomedov, o classificando como 'amarelão' por, supostamente, ter fugido do confronto. Sarcástico, o ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do Ultimate relembrou o histórico de combates cancelados entre Khabib e Tony para 'parabenizar' o americano ganhar a liderança no placar de desistências, que agora conta com três lutas que caíram em decorrência de problemas enfrentados pelo russo e duas em que Ferguson foi o 'responsável' por não terem sido concretizadas.

"Eu estou em forma para lutar agora! No começo de tudo isso, eu disse para mim mesmo: 'Eu estou feliz por não ter uma luta oficialmente marcada'. Se eu tivesse, eu teria consumido todos os dados incorretos para apoiar minha intenção de fazer parte da luta, e eu teria seguido, competido e vencido", escreveu McGregor, antes de completar.

"A verdade é que ambos, Tony e Khabib, estavam comprometidos em um jogo de galinha em direção ao sino da luta, com Khabib amarelando primeiro, fazendo ficar 3 a 2 em abandonos a favor de Tony. Khabib saiu correndo dos EUA para casa, e no meio da crise. Alto risco. Parabéns, Tony", provocou o irlandês.

Com Khabib sem poder sair da Rússia em virtude do fechamento das fronteiras - medida adotada pelo governo russo para combater a propagação da pandemia da covid-19 -, o duelo entre ele e Ferguson será cancelado pela quinta vez. Anteriormente, o aguardado confronto deixou de ser realizado por conta de lesões e problemas de saúde de ambos. O UFC ainda não se pronunciou oficialmente sobre o prosseguimento da edição 249, que segue sem local definido, e tampouco sobre um possível substituto para a ausência do campeão, ainda que o nome de Justin Gaethje já tenha sido especulado.

MMA