PUBLICIDADE
Topo

MMA


Tito Ortiz faz duras críticas após revogação de vitória: 'Alegação de m...'

Tito Ortiz, durante o combate contra Chael Sonnen, no Bellator - AP Photo/David Becker
Tito Ortiz, durante o combate contra Chael Sonnen, no Bellator Imagem: AP Photo/David Becker

Ag. Fight

27/02/2020 16h07

Não demorou muito para Tito Ortiz se pronunciar sobre a polêmica envolvendo a revogação de sua última vitória. Após tomar ciência de que seu triunfo sobre Alberto Rodriguez, pelo Combate Americas, em dezembro de 2019, havia sido cassado e que a peleja atualmente é considerada 'no decision' (sem resultado), o veterano utilizou suas redes sociais para criticar a decisão e prometer revertê-la.

Na última quarta-feira (26), o site 'MMA Junkie' trouxe a informação de que o Departamento de Licença e Regulação do Texas -- responsável por supervisionar o evento do Combate Americas no último dia 7 de dezembro -- modificou o resultado final do duelo entre Ortiz e Rodriguez enquanto realiza investigações sobre uma possível irregularidade não divulgada pela entidade.

Irritado, o ex-campeão do UFC insinuou que a situação foi criada para ganhar atenção em cima de sua fama e reclamou do fato de ser considerado culpado antes mesmo de conseguir provar sua inocência.

"Essa é uma alegação de m*** e vai ser derrubada. Eu prometo a todos vocês. Jeito triste de ganhar atenção às minhas custas. #culpadoatéqueseproveinocente", escreveu Tito.

Um dos principais nomes do UFC durante o início da popularização de sua marca, Tito Ortiz foi campeão meio-pesado (93 kg) da entidade entre 2000 e 2003. Aos 45 anos, o americano — membro do Hall da Fama do Ultimate - soma 20 vitórias, 12 derrotas, um empate e uma luta sem resultado, justamente o duelo contra Alberto Rodriguez, razão de toda a polêmica recente criada.

MMA