PUBLICIDADE
Topo

MMA


Cormier aponta vitória de Reyes contra Jones, mas ressalta: "Não foi roubo"

Daniel Cormier, durante combate no UFC 241 - Joe Scarnici/Getty Images
Daniel Cormier, durante combate no UFC 241 Imagem: Joe Scarnici/Getty Images

Ag. Fight

10/02/2020 19h13

No último sábado (8), Jon Jones manteve mais uma vez o cinturão dos meio-pesados (93 kg) do Ultimate, ao superar Dominick Reyes por decisão unânime dos jurados, na luta principal do UFC 247. No entanto, o resultado final gerou polêmica no mundo do MMA, uma vez que algumas pessoas viram vitória do desafiante - e uma delas foi Daniel Cormier, arquirival de 'Bones'.

Ex-campeão dos meio-pesados e do peso-pesado da organização, 'DC' admitiu, através das suas redes sociais, que viu uma vantagem para Reyes no fim da disputa. No entanto, o americano deixou a inimizade de longa data com Jon Jones de lado e afastou a ideia que o triunfo do atual campeão possa ser chamado de 'roubo'.

"Não foi roubo. Luta bem apertada, poderia ter ido de qualquer um dos lados. 3-1 ou 2-2 entrando no quinto (round). Pensei em 3-2 Reyes, mas a luta estava tão apertada que poderia ter ido de qualquer um dos lados", escreveu o peso-pesado do Ultimate.

Daniel Cormier não luta desde agosto de 2019, quando foi derrotado por Stipe Miocic e perdeu o cinturão dos pesados da franquia. O americano ainda não tem data para retornar ao octógono, mas existe a expectativa que ele faça uma trilogia contra seu último algoz.

MMA