PUBLICIDADE
Topo

MMA


Colby Covington desafia rapper 50 Cent para luta de boxe; entenda

14.dez.2019 - O nigeriano Kamaru Usman (à dir.) acerta soco no americano Colby Covington durante disputa de cinturão do UFC 245, em Las Vegas - Steve Marcus/Getty Images/AFP
14.dez.2019 - O nigeriano Kamaru Usman (à dir.) acerta soco no americano Colby Covington durante disputa de cinturão do UFC 245, em Las Vegas Imagem: Steve Marcus/Getty Images/AFP

Ag. Fight

04/02/2020 11h10

Após passar um período longe dos holofotes, Colby Covington voltou com tudo. Em entrevista à emissora americana 'ESPN', o meio-médio (77 kg) do UFC fez um desafio inusitado: encarar o rapper 50 Cent em uma luta de boxe com uma das mãos amarradas, e todo o lucro revertido para instituições de caridade.

O imbróglio com o artista teve início depois da derrota de Colby para Kamaru Usman em dezembro do ano passado, no UFC 245. Na ocasião, o cantor publicou, em sua página oficial no 'Instagram', uma imagem do lutador derrotado, com a legenda: "Aproveite a mandíbula quebrada, seu racista de m***". Apesar de diversos relatos, e do próprio ter sugerido a fratura durante o combate, Covington tem negado que tenha sofrido a lesão, e agora aproveitou para desafiar 50 Cent.

"Não, eu não quebrei meu maxilar na luta. Meu queixo parece quebrado? Eu estou sorrindo. Tenho estado com todas as minhas mamacitas, sabe? A única pessoa que teve sua mandíbula conectada foi 50 Cent. Se quiser falar sobre pessoas que tiveram sua mandíbula calada, vamos falar de 50 Cent. Ele diz: 'Oh, eu fui baleado nove vezes'. Se ele fosse baleado uma vez por mim, ele não se levantaria de novo. 50 Cent é uma v***", declarou Colby, antes de sugerir a luta de boxe contra o desafeto.

"Ele saiu da luta e estava falando m*** sobre mim. (...) Eu quero fazer uma luta de boxe de celebridades. Vou amarrar uma mão atrás de mim e vou lutar com 50 Cent. Eu vou colocar um milhão de dólares meus. Quero enfrentar 50 Cent em uma luta de boxe de celebridade. Vou doar todo o meu dinheiro para as tropas (militares) porque eu os amo muito. Eles protegem a nossa liberdade. Eles colocam tudo em jogo pela América. Quero lutar com 50 Cent. Vou amarrar minha mão esquerda nas minhas costas, ou a direita. Ele pode escolher, não faz diferença porque as duas são letais", concluiu o lutador.

Ex-campeão interino da divisão até 77 kg, Colby Covington teve a oportunidade de conquistar o cinturão linear no dia 14 de dezembro de 2019, mas acabou sendo derrotado por Kamaru Usman por nocaute técnico no quinto round da luta principal do UFC 245, realizado em Las Vegas (EUA). O revés interrompeu uma sequência de sete triunfos do americano no Ultimate.

MMA