PUBLICIDADE
Topo

MMA


Chael Sonnen defende jornalista criticado por Conor McGregor

Chael Sonnen, ex-lutador do UFC - Divulgação/Bellator
Chael Sonnen, ex-lutador do UFC Imagem: Divulgação/Bellator

Ag. Fight

27/01/2020 14h27

Stephen A. Smith conseguiu a primeira demonstração pública a seu favor por parte de um conhecido nome do MMA. Amplamente criticado por membros da comunidade das lutas após tecer comentários depreciativos a respeito de Donald 'Cowboy' Cerrone no pós-show do UFC 246, realizado no dia 18 de janeiro, o jornalista da 'ESPN' recebeu o apoio de Chael Sonnen, ex-lutador do Ultimate e atual companheiro de trabalho do analista esportivo na emissora americana.

O imbróglio teve início quando Smith criticou a atuação de Cerrone na luta principal do UFC 246, na qual o lutador foi derrotado por Conor McGregor em apenas 40 segundos de luta.

Incomodado com as palavras de Smith, Joe Rogan —comentarista oficial do Ultimate— citou o pequeno envolvimento do jornalista com MMA para questionar seus conhecimentos sobre a modalidade e, portanto, suas análises sobre o assunto.

Conhecido por sua personalidade forte, o jornalista da ESPN rebateu Rogan em um vídeo postado em sua conta no 'Twitter' e o desafiou para uma conversa sobre esportes visando provar seu conhecimento acerca da modalidade.

Prontamente respondido por McGregor, que pediu que o analista esportivo se desculpasse com "Cowboy", Stephen A. Smith demonstrou respeito pelo ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do UFC, mas manteve sua opinião.

Agora Chael Sonnen saiu em defesa do colega de emissora e exaltou a importância de sua presença na cobertura do MMA, justificando que a enorme popularidade do jornalista nos Estados Unidos pode atrair ainda mais atenção para o esporte.

"Para Stephen A. ir lá e comentar sobre isso —e a propósito, eu vou dividir com vocês. Os números (audiência) vão para o teto quando Stephen A. pega o microfone. Muitas vezes no MMA eu escutei que: 'Nós queremos ser mainstream. Por que nós não somos populares? Por que nós não recebemos respeito da mídia convencional?' Quando você tem o cara mais popular da mídia convencional de esportes vindo e conversando na mesa, ao vivo e no local, sobre seu esporte —a propósito, ele sentou na primeira fileira e observou como um fã— quando ele vem e faz isso, e depois você rejeita... Você realmente quer a atenção da grande mídia?", questionou Chael Sonnen em seu canal do Youtube, antes de declarar que Stephen A. Smith foi mal interpretado.

"Qualquer um que pense que Stephen A. chamou 'Cowboy' de repugnante ouviu errado. Não foi isso que ele disse. Ele disse que estava enojado por Cowboy, porque Cowboy não —na análise de Stephen— deu um passo para trás, se recompôs, agarrou Conor, respirou fundo. Ele está certo sobre isso! Então, agir como se ele não fosse um especialista em MMA que ele não está fingindo ser! Agir como se a análise que ele fez como espectador, que presenciou algo, ele está certo! Ninguém foi insultado. Alguém foi mal interpretado. Esse alguém é Stephen A. e muitas pessoas devem um pedido de desculpas para ele", afirmou o ex-lutador.

Após longo período afastado dos octógonos, Conor McGregor retornou à ativa na luta principal do UFC 246, realizado no dia 18 de janeiro, em Las Vegas (EUA). O irlandês precisou de apenas 40 segundos para atropelar Donald Cerrone com uma sequência de golpes e garantir seu triunfo.

MMA