PUBLICIDADE
Topo

MMA


Dana White critica treinos duros de Borrachinha: "Precisa desacelerar"

Paulo Borrachinha comemora após vencer luta contra Oluwale Bamgbose no UFC - Buda Mendes/Zuffa LLC/Getty Images
Paulo Borrachinha comemora após vencer luta contra Oluwale Bamgbose no UFC Imagem: Buda Mendes/Zuffa LLC/Getty Images

Ag. Fight

20/01/2020 07h00

Durante a realização do UFC 246, evento realizado no último sábado (18), veio a confirmação de que Yoel Romero realmente será o próximo desafiante ao cinturão de Israel Adesanya nos pesos-médios (84 kg). O anúncio feito pela própria organização acabou com a esperança de Paulo 'Borrachinha', que ainda almejava um duelo contra o campeão nigeriano. Durante a coletiva de imprensa do show com sede em Las Vegas (EUA), Dana White justificou a escolha e ainda condenou os recentes treinos duros compartilhados pelo brasileiro em suas redes sociais.

Durante a coletiva, que contou com a presença da Ag Fight, o presidente do UFC criticou a intensidade dos treinos de Borrachinha, que ainda se recupera de uma cirurgia no bíceps. Na opinião de Dana, o peso-médio brasileiro deveria retomar a sua preparação com mais cautela, a fim de não lesionar a região novamente.

"Ele deveria estar apto e pronto em maio ou junho, isso se nada acontecesse de errado acontecer durante a recuperação e tudo mais. O Israel Adesanya quer lutar contra o Yoel Romero, ok? Ninguém quer lutar contra o Romero. Acredite em mim, ligamos para todos. Ninguém quer lutar com ele. Israel quer lutar com ele, e é o Israel quem tem o título. Israel sente que o legado dele não estará completo sem ele não vencer o Yoel Romero. Como você não respeita isso? Eu respeito. E as pessoas querem ver, prometo que será uma grande luta, então faremos. E depois fazemos a luta com o Costa" justificou White, antes de criticar a preparação dura de Paulo.

"E com isso, não é preciso apressar o Costa. O Costa está apressando muito as coisas. Estava no Instagram dele um dia desses e o cara está treinando como se fosse lutar agora. Você não deveria fazer isso logo após de sair de uma cirurgia em que você ficaria apto só em junho, certo? Ele não deveria estar treinando dessa forma. Sabe o que acontece quando você faz isso? Você se machuca de novo, é isso que vai acontecer. Ele precisa desacelerar um pouco e relaxar, se certificar de estar 100%, não se machucar novamente. Porque aí podemos fazer essa luta (com ele) depois da do Romero", completou o cartola do Ultimate.

Romero, que vem de duas derrotas seguidas, encara Adesanya na luta principal do UFC 248, agendado para o dia 7 de março, em Las Vegas. A luta co-principal do show também envolve cinturão. Weili Zhang coloca seu título em jogo diante da ex-campeã peso-palha (52 kg), Joanna Jedrzejczyk.

MMA