PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jairzinho comemora desafio aceito por Ngannou e afirma que pode nocauteá-lo

Ag. Fight

09/12/2019 09h52

Jairzinho Rozenstruik mostrou no último sábado (7) que definitivamente é um dos grandes nomes da categoria dos pesados do UFC atualmente. Ainda invicto na carreira, após dez lutas, sendo quatro delas pelo Ultimate, o surinamês nocauteou Alistair Overeem, no quinto round, na edição do show que aconteceu Washington (EUA). Após esse triunfo, o atleta já mirou um duelo contra Francis Ngannou, atual número dois do ranking da divisão.

Após derrotar o holandês, o Jairizinho desafiou o camaronês, que não demorou muito tempo para aceitar a peleja. Ciente disso, o lutador, em conversa com a imprensa, comemorou o fato do seu rival de divisão ter topado este confronto e afirmou que tem todas as armas para ser o primeiro atleta a nocauteá-lo.

"Eu gostei. Se ele aceitou, estou ansioso sobre essa luta. Vou vê-lo logo então. Acho que vai ser uma boa luta. Ele é forte, grande. Até quando estou ao lado dele, ele parece grande, assustador, mas temos que fazer isso. Para mim,  claro (que posso nocauteá-lo). Se eu acertar aquela cabeça grande, vamos ver o melhor caminho, com certeza", disse, em trecho transcrito pelo site 'MMA Fighting'.

Desde que derrotou Junior 'Cigano', em junho deste ano, Francis Ngannou ainda não tem data e nem adversário para o seu retorno ao octógono. Dessa maneira, surge a possibilidade forte deste confronto ser realizado.

No Ultimate desde fevereiro deste ano, Jairzinho Rozenstruik tem um retrospecto impressionante dentro da franquia. Com quatro lutas dentro do octógono, o surinamês venceu todas por nocaute. O peso pesado passou por Junior Albini, Allen Crowder, Andrei Arlovski e agora Alistair Overeem.

Esporte