Topo

MMA


UFC São Paulo: Ex-campeão peso-galo, Renan Barão perde quinta luta seguida

Douglas D"Silva luta contra Renan Barão no UFC São Paulo - Paulo Guereta/Agência O Dia/Estadão Conteúdo
Douglas D'Silva luta contra Renan Barão no UFC São Paulo Imagem: Paulo Guereta/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Ag. Fight

16/11/2019 20h43

Vindo de quatro derrotas seguidas, Renan Barão subiu hoje ao octógono do UFC São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera, de olho na recuperação e um reinício para sua carreira. O ex-campeão peso-galo (61 kg) da organização fez mais uma tentativa de subir para o peso-pena (66 kg) após problemas com a balança nos últimos compromissos. E, com o revés para Douglas D'Silva, não foi dessa vez que o potiguar retomou o caminho das vitórias.

Inferior durante toda a luta na trocação, Barão ficou com o rosto ensanguentado após os três rounds. Os únicos momentos de destaque do ex-campeão no duelo foram quando conseguiu aplicar quedas. Porém, Renan não conseguiu fazer muito quando em posição favorável no chão.

Ao final dos três rounds, vitória por decisão unânime dos juízes para Douglas D'Silva, que conquistou seu quarto trinfo no Ultimate em sete combates. Já Barão amarga sua quinta derrota consecutiva pela organização.

Com polêmica e vaias, Ariane Lipski vence primeira no UFC

Após ter sua adversária no UFC São Paulo trocada vezes, sendo a última a um dia do evento, Ariane Lipski conquistou sua primeira vitória no Ultimate ao superar Isabela de Padua. Além do triunfo, a atleta curitibana vai levar para casa 30% da bolsa da rival, que ficou dois quilos acima do limite do peso-mosca (57 kg) na pesagem oficial.

Agressiva desde o início, Ariane foi superior na luta em pé durante a maior parte do combate. A curitibana, porém, sofreu em alguns momentos no solo, incluindo no final do segundo round, quando em um momento polêmico do duelo, Lipski pareceu ameaçar dar os três tapinhas de desistência, antes de conseguir se safar da posição desfavorável.

Ao final, melhor para Ariane Lipski, que também foi beneficiada pela perda de um ponto da adversária por um golpe ilegal. O público, que viu o momento polêmico da possível desistência da lutadora pelo telão, vaiou bastante quando a decisão dos juízes foi anunciada por Bruce Buffer.

'Miss Simpatia' perde a segunda no UFC

Na primeira luta do card preliminar do UFC São Paulo, Vanessa Miss Simpatia Melo fez seu segundo combate no octógono mais famoso do mundo. E assim como em sua estreia, a brasileira aceitou o duelo com poucos dias de antecedência e, também como em seu debute, saiu derrotada.

Tracy Cortez, adversária da brasileira, se movimentou com mais desenvoltura, além de demonstrar maior variedade nos golpes na trocação. Superior em grande parte do confronto, a americana - que fazia sua estreia na organização - também foi melhor na luta agarrada na grade e no solo. Com isso, a estreante garantiu o triunfo após três rounds na decisão unânime dos juízes.

Confira os resultados do UFC São Paulo:

Peso-pena | Douglas D'Silva venceu Renan Barão por decisão unânime;
Peso-casado feminino | Ariane Lipski venceu Isabela de Padua por decisão unânime;
Peso-galo feminino | Tracy Cortez venceu Vanessa 'Miss Simpatia' Melo por decisão unânime.

MMA