Topo

MMA


Johnny Walker rebate declaração de "Borrachinha": "Deve ser inveja"

Johnny Walker é uma das promessas brasileiras no UFC - Jeff Bottari/Zuffa LLC/Getty Images
Johnny Walker é uma das promessas brasileiras no UFC Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Getty Images

Carlos Antunes, no Rio de Janeiro (RJ)

Ag. Fight

07/11/2019 06h00

A derrota de Johnny Walker, no UFC Nova York, no último sábado (2), desencadeou uma polêmica nas redes sociais envolvendo outro lutador brasileiro. Trata-se de Paulo "Borrachinha". O peso-médio (84 kg) acusou a mídia e os fãs por exaltarem demais o compatriota e recebeu uma enxurrada de críticas. Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag.Fight, o peso-meio-pesado (93 kg), não aliviou ao ser questionado sobre o tema.

Com três vitórias seguidas, todas por nocaute no primeiro round, até o UFC 244, Johnny Walker encantou os fãs pelas suas atuações e carisma dentro do octógono. Segundo o lutador, talvez "Borrachinha" tenha ficado com inveja dos holofotes voltados a ele e quis chamar a atenção em cima de sua derrota.

"Se ele estava com inveja ou não, eu nem vi. Deve ser inveja. Mas não tenho nada contra ele, nem contra ninguém. Não sei porque ele falou isso, talvez queira aparecer. Não quero ter e não tenho nada contra a vida dele. Não sou inimigo dele. Mas quando encontrá-lo, vou até perguntar o motivo disso. Acho que o sucesso incomoda as pessoas, mesmo eu sendo compatriota. Mas o meu sucesso não foi abalado. Ganhei mais seguidores e vou voltar mais forte. Vou mostrar quem é o Johnny. Não vou deixar nada me abalar e dar valor as pessoas que merecem", afirmou.

Para ratificar que ainda está em alta com os fãs brasileiros, Johnny Walker, que ainda está em Nova York (EUA), afirmou que estará no UFC São Paulo, que será realizado no dia 16 de novembro, como um dos lutadores convidados do evento. Dessa maneira, deve participar de ações do Ultimate com o público.

Além de "Borrachinha", Jon Jones também provocou o brasileiro após seu revés. Johnny, inclusive, admitiu que teve problemas pessoais antes do UFC 244 e não estava 100% focado na luta diante de Corey Anderson. Após este compromisso, o brasileiro agora possui três vitórias e apenas uma derrota na organização.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

MMA