Topo

MMA


Lenda da NBA compara McGregor a Kobe Bryant e aconselha lutador

Paul Pierce aconselhou McGregor - Adam Glanzman/Getty Images/AFP
Paul Pierce aconselhou McGregor Imagem: Adam Glanzman/Getty Images/AFP

Ag. Fight

02/10/2019 08h00

Após as últimas polêmicas fora do octógono nas quais viu seu nome ser vinculado, Conor McGregor vem recebendo críticas, e também o apoio de diversos esportistas, sejam eles ligados ou não ao MMA, incluindo Mike Tyson. E quem melhor para aconselhar o ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do UFC do que Paul Pierce, lenda do basquete americano e que brilhou durante anos nas quadras da NBA?

Nos últimos tempos, McGregor tem sido notícia frequente pelos incidentes em que se envolve fora do âmbito esportivo. Só neste ano, o irlandês foi acusado de violência sexual em seu país natal, foi detido por quebrar e roubar o celular de um homem em Miami (EUA), e agrediu um senhor de idade em um bar, na Irlanda. O desgaste, causado pelas polêmicas, na percepção pública do lutador fez Pierce relembrar de um ex-colega de profissão.

Ao canal do Youtube 'Submission Radio', Paul Pierce comparou a atual situação de McGregor com a passada por Kobe Bryant, seu contemporâneo na NBA. Em 2003, no auge de sua carreira, o jogador enfrentou uma acusação de violência sexual contra uma funcionária de um hotel no Colorado (EUA). O caso foi encerrado pelos promotores da Justiça Americana após a suposta vítima se negar a testemunhar no julgamento, mas não sem antes abalar a imagem de Bryant perante os fãs e fazê-lo perder patrocínios importantes.

"Eu não sei se é um conselho, mas você aprende com suas experiências. Algumas pessoas, elas chegam ao topo da montanha e, depois, são puxadas para baixo e eles tem que crescer. Nós vimos isso com Kobe Bryant. Ele teve seu julgamento, e as coisas pelas quais passou, e, então, ele escalou novamente até o topo da montanha. Então, você aprende, segue em frente, amadurece, e cresce com isso", declarou o ex-jogador de basquete, antes de aconselhar McGregor.

"A coisa com estar no topo é que você tem muitas pessoas puxando você. Você tem muitos olhos te observando. Então, a pessoa que você era anos antes, antes de virar uma megaestrela, você tem que adaptá-la a ser uma superestrela. Entender que as pessoas vão tentar e puxar você para baixo. Você tem que ser esperto, no que você faz, como você diz, como age nos olhos do público. Porque agora você é visto como um campeão, como uma pessoa que chegou ao topo enquanto outros tentaram te puxar para baixo. Então, você tem que mudar suas maneiras se quiser se manter no topo. Se você não fizer isso, como nós vimos, ele caiu do topo da montanha. Ele pode voltar para lá? Com certeza. Mas ele tem que mudar algumas coisas", concluiu Paul Pierce.

A última apresentação de Conor McGregor no octógono do UFC aconteceu em outubro de 2018, quando foi derrotado por Khabib Nurmagomedov em disputa pelo cinturão peso-leve da organização. Após anunciar sua aposentadoria, o irlandês voltou atrás e aguarda um novo adversário para o final deste ano ou início de 2020.

MMA