Topo

MMA


"Miss Simpatia" minimiza pouco tempo de preparação para estreia no UFC

Neri Fung, em Niterói (RJ)

Ag. Fight

19/09/2019 06h00

Após assinar com o UFC, Vanessa 'Miss Simpatia' Melo aceitou substituir a veterana Marion Reneau e fará sua estreia contra Irene Aldana, neste sábado (21). O combate, válido pelo card principal do UFC México, será disputado no peso-galo (61 kg). Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, a brasileira contou sobre a emoção de ser recompensada, após anos de trabalho, com a assinatura de contrato com o maior evento de MMA do mundo.

Vanessa - que compete profissionalmente no esporte desde 2011 - admitiu à Ag. Fight que o pouco tempo de preparação, por ter aceitado a luta poucos dias antes do evento, pode contribuir para que ela não demonstre 100% do seu potencial em sua estreia. No entanto, de acordo com a atleta - que vem no melhor momento da carreira -, a oportunidade de realizar um sonho e competir no octógono do UFC não poderia ser desperdiçada.

"Fiquei muito emocionada, muito feliz. Foi uma conquista, depois de tantos anos trabalhando para isso. Não tinha como não aceitar. A gente que é atleta tem que sempre estar pronta para lutar. Acredito que vale a pena (correr o risco de não estar 100% preparada) porque é o maior evento do mundo. E se você acha que está pronta, não tem motivos para não aceitar", explicou a paulistana.

Além de todos os obstáculos que se apresentam por estrear com pouco tempo de preparação, Vanessa precisará conter a empolgação de uma adversária mais experiente e que estará se apresentando em seu país de origem. A mexicana Irene Aldana possui três triunfos em seis combates pelo UFC, dois deles contra as brasileiras Talita Bernardo e Bethe 'Pitbull' Correia. Entretanto, nem mesmo o ambiente hostil que deve encontrar na Cidade do México parece abalar a confiança da estreante.

"Estou tranquila. Sei que ela vai lutar em casa, mas eu já lutei fora de casa. Sei que ela é uma atleta duríssima, mas luta é luta. Estou indo para fazer uma coisa que eu já faço há oito anos. Sei que tem uma aura diferente por ser uma estreia no UFC, mas estou bem tranquila", declarou Vanessa 'Miss Simpatia', antes de explicar a origem do apelido.

"Lutei no 'XFC' há alguns anos, e eu não tinha apelido. Eu nunca gostei de apelido, na verdade. Aí uma pessoa da organização falou que eu tinha que ter um, mas eu expliquei que não gostava. Que eu não colocava apelido em ninguém e não queria que colocassem em mim. Mas ela insistiu, e no dia seguinte ela me disse que tinha criado um apelido para mim: Miss Simpatia. Eu perguntei o motivo, e ela explicou que era por eu falar com todo mundo e ser comunicativa. Acabou pegando e está aí até hoje. Hoje em dia eu já acostumei", finalizou a brasileira.

Acostumada a competir tanto no peso-mosca (57 kg), quanto no peso-galo, Vanessa 'Miss Simpatia' faz seu combate de estreia no UFC pela categoria até 61 kg. No entanto, a lutadora declarou que ainda vai sentar com seus técnicos para decidir em qual divisão prosseguirá sua trajetória pelo Ultimate.