PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Campeão do Bellator mira revanche contra Lyoto Machida

Ag. Fight

23/01/2019 13h06

Ryan Bader, atual campeão dos meio-pesados (93 kg) do Bellator, terá um grande desafio pela frente neste sábado (26). O americano terá a oportunidade de se sagrar bicampeão da organização ao enfrentar a lenda Fedor Emelianenko pelo título dos pesos-pesados. No entanto, a proximidade de seu próximo compromisso não impede 'Darth' de fazer planos para o futuro - que, inclusive, envolvem um astro brasileiro do esporte.

Em entrevista ao site 'MMA Fighting', Bader confirmou o desejo de enfrentar novamente Lyoto Machida. Os dois se enfrentaram quando ainda eram atletas do UFC, em 2012. Na ocasião, 'The Dragon' aplicou um nocaute brutal no americano, tanto que o momento passou a ser exibido nos melhores momentos do brasileiro dali em diante.

"Ah, com certeza. Ele (Machida) é um daqueles melhores momentos não tão bons para mim, digamos assim. Quando mostram esse momento, estou indo com tudo e sou nocauteado. Não faço a menor ideia do que estava fazendo ali para partir para cima daquela forma. Não lembro nem quantos anos faz, mas, sem sombra de dúvidas, gostaria de ter uma revanche porque é uma grande luta. Estou disposto a fazer grandes lutas. Inclusive, tenho uma bem próxima agora, veremos o que acontece. Mas essa (contra Lyoto) é uma luta que eu definitivamente quero", declarou Ryan.

Lyoto fez sua estreia no Bellator em dezembro, ao bater o ex-campeão dos pesos-médios (84 kg) da liga, Rafael Carvalho, por decisão dividida. Embora não esteja atualmente na mesma divisão que Bader, o brasileiro já atuou como meio-pesado em sua carreira - categoria na qual, inclusive, se sagrou campeão no UFC. Portanto, um duelo entre Machida e Ryan é bem plausível de sair do papel. Mas, ao menos nas palavras do americano, sua concentração é total no russo Fedor Emelianenko.

"Eu meio que romperei essa barreira. Tenho essa luta próxima, não gosto de fazer planos muito à frente, mas eu estarei com os dois títulos. E não acho que haja um desafiante nos meio-pesados que se destaque tanto. Tem alguns no bolo, mas nenhum que destoe dos demais. Então não acho que haja necessidade de colocarem um cinturão interino nem nada do tipo. Veremos. Tenho que primeiro ir lá e vencer essa luta para conquistar os dois cinturões, e esse é o meu foco no momento", afirmou o ex-lutador do UFC.

Aos 35 anos, Ryan Bader soma 26 vitórias e apenas cinco derrotas como profissional até então. E para melhorar ainda mais seu cartel e se sagrar campeão peso-pesado do Bellator, o americano enfrenta 'The Last Emperor' neste sábado em Inglewood (EUA). O veterano russo é uma verdadeira lenda do MMA e possui um histórico de incríveis 38 triunfos, cinco reveses e um 'no contest' (combate sem resultado).

Esporte