PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Donald Cerrone quebra recorde e arrecada R$ 375 mil no UFC Brooklyn

Donald Cerrone em entrevista coletiva em Cingapura - Roslan Rahman/AFP
Donald Cerrone em entrevista coletiva em Cingapura Imagem: Roslan Rahman/AFP

Ag. Fight

20/01/2019 13h04

Donald Cerrone viveu uma verdadeira noite de gala nesse sábado (19). Além de sair vitorioso no duelo contra Alexander Hernandez, o 'Cowboy' ganhou dois prêmios de bônus no UFC Brooklyn. A performance do peso-leve (70 kg) veterano fez com que ele ficasse 100 mil dólares (cerca de R$ 375 mil) reais mais rico.

O atleta de 35 anos ganhou o prêmio de 'Performance da Noite' e também de 'Luta da Noite'. Com os dois bônus conquistados, Cerrone quebrou o recorde da organização - antes pertencente a Nate Diaz, com 15 - e se isolou na liderança, agora com 16 premiações no Ultimate. O adversário do 'Cowboy', Hernandez, também embolsou 50 mil dólares (R$ 187 mil), por conta de seus esforços que culminaram no melhor combate do evento.

O outro bônus da noite ficou na conta do campeão dos pesos-moscas (57 kg). Henry Cejudo precisou apenas de 34 segundos para noucautear T.J. Dillashaw. E a atuação intensa garantiu o prêmio de 'Performance da Noite' para o campeão olímpico de wrestling - que embolsou 50 mil dólares (R$ 187 mil).

Com a vitória, Cejudo, ao menos na teoria, deu uma sobrevida para a divisão até 57 kg. Ameaçada de extinção, a categoria mais leve do Ultimate entre os homens poderia ter seu fim antecipado caso T.J. vencesse e unificasse os cinturões.

Campeão dos galos (61 kg), Dillashaw não perdia um combate desde janeiro de 2016, quando foi superado por Dominick Cruz. Após o revés sofrido no UFC Brooklyn, o americano pode vir a ter a chance de encarar Cejudo novamente. Isso porque seu algoz afirmou que possui a intenção de subir de categoria e enfrentar T.J. em sua divisão de origem.

Esporte