PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Escalado para o UFC Wichita, 'Cigano' mostra treino de boxe: "Assim começa a vitória"

Ag. Fight

16/01/2019 11h41

O retorno de Junior 'Cigano' ao octógono do UFC já foi confirmado para o dia 9 de março, em Wichita, cidade do estado do Kansas (EUA), e a preparação do ex-campeão dos pesos-pesados já começou. Em publicação nas redes sociais, o lutador catarinense demonstrou parte do aprimoramento de um dos seus maiores trunfos, o boxe, que poderá ser o diferencial no duelo contra Derrick Lewis.

Por meio de um post compartilhado por 'Cigano' no Instagram (veja abaixo ou clique aqui), é possível observar que o lutador brasileiro continua com velocidade e potência nos golpes, características que o levaram ao topo da divisão dos pesados, em 2011. A publicação inicialmente foi realizada por Luiz Dórea Jr., um dos treinadores do catarinense, que projetou um novo triunfo para o brasileiro.

"Fazendo manopla com o nosso campeão Junior 'Cigano', que fará a sua próxima luta no dia 9 de março. Vamos em busca de mais uma vitória! Boxe!", escreveu o técnico. Em seguida, o ex-campeão dos pesados compartilhou a publicação e exaltou o treino: "Assim começa a vitória".

Outra página do Instagram a repostar o vídeo foi a do 'UFC Brasil', que destacou a cidade em que a Academia Champion - onde o lutador costuma 'afiar' as mãos - se localiza: "O Junior 'Cigano' está em Salvador treinando forte o seu boxe pra enfrentar Derrick Lewis no UFC Wichita".

Aos 34 anos, 'Cigano' somou, até então, 20 triunfos e cinco derrotas como lutador profissional de MMA. Com a sequência de vitórias em 2018, o peso-pesado brasileiro ganhou dois combates seguidos, o que não fazia desde 2011, ano em que conquistou o cinturão sobre Cain Velasquez.

Já Lewis, de 33 anos, vinha com uma sequência de três triunfos consecutivos no ano passado, antes de sucumbir diante de Daniel Cormier, em novembro. Ao longo da carreira profissional nas artes marciais mistas, 'The Black Beast' acumulou 21 vitórias, seis derrotas e uma luta sem resultado.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

Esporte