PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Apesar de fotos chocantes, Dillashaw promete bater peso mais fácil do que Cejudo

Ag. Fight

15/01/2019 12h34

TJ Dillashaw chocou o mundo do MMA ao publicar fotos suas durante as últimas semanas de camp para o UFC Brooklyn. As imagens, que têm revelado um campeão peso-galo (61 kg) mais magro do que nunca, geraram uma grande discussão nas redes sociais sobre quão saudável ele estará neste sábado (19), quando enfrentará Henry Cejudo pelo título peso-mosca (57 kg). Mas, de acordo com TJ, ninguém deve se preocupar.

O americano afirmou que baterá o peso de maneira mais tranquila do que o próprio campeão da divisão mais leve do Ultimate. Dillashaw lembrou que Cejudo já falhou na pesagem quando ainda não estava no UFC e declarou que a aparência excessivamente magra foi planejada para melhorar o rendimento na superluta.

"Ele (Henry) já teve problemas para bater o peso. Já teve problemas para bater 57 kg. Aposto que eu vou bater o peso mais fácil do que ele, por causa de quão profissional eu sou. (...) Sim, claro que eu vou estar magro. Estou descendo uma categoria. Se eu fosse esperar e cortar todo o peso na última noite, eu pareceria melhor durante o camp. Eu pareceria mais normal. Mas se eu tivesse que cortar no fim, minha performance não seria tão boa. Então, eu estou mais preocupado com a performance", falou.

Os rumores sobre a dificuldade de Dillashaw bater o peso dos moscas cresceram quando seu combate foi antecipado do UFC 233, que aconteceria em 26 de janeiro e posteriormente acabou cancelado, para o UFC Brooklyn. No entanto, TJ disse que, por estar adiantado em seu cronograma no momento da mudança, não sofreu além da conta. O campeão dos galos afirmou ainda que iniciou a segunda (14) com 61 kg, apenas quatro acima do limite que deve bater na sexta (18). Segundo ele, a essa altura, quando luta em sua categoria de origem, ele pesa cerca de 68 kg.

"Não é um problema. Eu sempre soube que poderia bater o peso, mas estou surpreso com quão bem eu estou me sentindo ao tentar chegar lá. Mas isso aconteceu por causa de quão profissionalmente eu lidei com isso. O corte de peso já acabou. Agora, são só alguns truques para baixar o último peso. O corte de peso já acabou. Minha dieta foi restrita, minha rotina de treinos foi restrita. Estou magro, e todo mundo acha que estou mentindo, mas estou mais forte agora do que eu estava no último camp", jurou.

Cejudo e Dillashaw encabeçam o card deste sábado, que terá, na luta coprincipal, a estreia do ex-jogador da NFL (principal liga de futebol americano) Greg Hardy. O peso-pesado vai ficar frente a frente com Allen Crowder, em um combate que promete atrair um público diferente ao primeiro evento do UFC a ser transmitido pela emissora ESPN em território americano.

Esporte