PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Apesar de nova polêmica sobre doping, Jones reitera: "Sou um atleta limpo"

Ag. Fight

24/12/2018 15h52

Em meio a mais uma confusão relacionada a um exame antidoping, Jon Jones não ouviu calado as críticas que tem recebido. O ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) do Ultimate escreveu, por meio do Twitter (veja abaixo ou clique aqui), que está "limpo", apesar de um teste ter encontrado resquícios do esteroide turinabol no corpo do lutador.

Jones irá enfrentar Alexander Gustafsson no UFC 232, que se realizaria em Las Vegas, no próximo sábado (29), mas, devido à Comissão Atlética do Estado de Nevada (NSAC) ter se negado a dar a licença para o antigo dono do cinturão dos meio-pesados sem que tivesse tempo de investigar adequadamente os resultados laboratoriais, o evento foi redesignado para Inglewood, na Califórnia.

De acordo com Jeff Novitzky, vice-presidente de saúde e performance do UFC, a quantidade de turinabol encontrada no exame não configura uma nova violação da política antidoping por parte de Jones. O dirigente, com extensa experiência no ramo da antidopagem, afirmou que a USADA (agência antidoping americana) acredita que a substância proibida no corpo de Jon é residual do ano passado, quando ele foi suspenso.

'Bones' declarou que continua focado no combate contra Gustafsson, a quem venceu em 2013, naquela que foi uma das lutas mais emocionantes da história do MMA. Segundo Jones, o posicionamento da USADA comprova que não há nada a se questionar sobre sua conduta na preparação para o UFC 232.

"Estou concentrado em alcançar meu desafio final de reconquistar o meu título dos meio-pesados. Eu me submeti voluntariamente a todos os exames da USADA antes desta luta e a USADA confirmou o que eu tenho dito o tempo todo, que sou um atleta limpo. Eu agradeço sinceramente à Comissão Atlética do Estado da Califórnia e a Andy Foster (diretor da entidade) por fazer a coisa certa e me apoiar durante este processo. Mal posso esperar para enfrentar Alex Gustafsson neste sábado, 29 de dezembro, no Los Angeles Forum, em Inglewood. Nada pode me dobrar, nada pode me quebrar #Champion2018", escreveu.

Gustafsson e Jones disputarão o título vago dos meio-pesados no show. A luta coprincipal do evento será entre Cris 'Cyborg', campeã dos pesos-penas (66 kg), e Amanda Nunes, dos galos (61 kg). O embate entre as brasileiras vale o cinturão da categoria de cima.

I'm focused on achieving my ultimate goal of reclaiming my Light Heavyweight title.  I have willingly submitted to every USADA test in the lead up to this fight and USADA has confirmed what I've been saying all along, that I'm a clean athlete. I sincerely thank the California

- Jon Bones Jones (@JonnyBones) December 24, 2018

State Athletic Commission and Andy Foster for doing the right thing and supporting me through this process. I cannot wait to fight Alex Gustafsson this Saturday December 29th at the Los Angeles Forum in Inglewood.

- Jon Bones Jones (@JonnyBones) December 24, 2018

Can't bend me, can't break me. #Champion2018

- Jon Bones Jones (@JonnyBones) December 24, 2018

 

Esporte