PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Gegard Mousasi lesiona as costas e abandona card do Bellator 214

Ag. Fight

22/12/2018 08h00

Gegard Mousasi colocaria o cinturão dos pesos-médios (84 kg) do Bellator à prova contra Rafael Lovato Jr. no próximo dia 26 de janeiro. No entanto, o site da emissora americana 'ESPN' publicou que uma lesão nas costas o fez abandonar o card do evento na Califórnia (EUA). A informação foi confirmada pelo desafiante. Até o momento, não há previsão do tempo que o atleta iraniano precisará para se recuperar da contusão.

Além disso, ainda não há detalhes de como ele se contundiu ou de qual a gravidade da lesão. Ex-lutador do UFC, Mousasi conquistou o cinturão do Bellator em junho deste ano, após bater Rafael Carvalho. Em seguida, no mês de setembro, ele defendeu com sucesso o título dos médios ao nocautear Rory MacDonald ainda no segundo round do combate.

Deste modo, ele colocaria o seu cinturão em jogo pela segunda vez no combate contra Lovato Jr., mas a contusão adiará os planos. Por meio de seu perfil nas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Rafael lamentou a lesão do campeão, mas sinalizou que aguardará pelo retorno de Gegard para que eles possam, enfim, lutar.

"Foi divulgada uma notícia de que a minha luta pelo título do Bellator, em 26 de janeiro, contra Mousasi, foi cancelada devido a uma lesão do campeão. (...) A notícia me abalou um pouco no começo, mas acredito que tudo acontece da maneira que tem que ser e sempre tento encontrar o lado positivo em todas as situações. (...) Desejo que o Mousasi tenha uma rápida recuperação. Ele é um verdadeiro artista marcial e sei que lutaria se pudesse. Torço para que a lesão dele não seja muito grave e que possamos reagendar nossa luta muito em breve. Esperarei ansiosamente por nosso novo encontro, enquanto continuo trabalhando para ser o melhor que puder", escreveu Lovato Jr.

Aos 33 anos, Mousasi acumulou expressivas 45 vitórias, além de seis derrotas e dois empates como lutador profissional de MMA. Lovato Jr., por sua vez, está invicto em nove combates. O especialista em jiu-jitsu já tem cinco lutas e cinco triunfos no Bellator.

Esporte