PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jones provoca Cormier e promete R$ 385 mil para caridade se rival topar terceira luta

Ag. Fight

20/12/2018 15h01

2018 está acabando, mas algumas rivalidades do MMA não parecem terminar tão cedo. Apesar de Daniel Cormier ter agendado para o ano que vem a sua aposentadoria, Jon Jones decidiu, nesta quinta (20), desafiá-lo para um terceiro combate. Os dois primeiros foram vencidos por 'Bones', mas o último resultado virou 'no contest' por causa de um flagra no teste antidoping. E, até hoje, o exame positivo rende discussão entre os dois. O novo capítulo foi protagonizado por Jon, por intermédio do Twitter (veja abaixo ou clique aqui). O ex-campeão meio-pesado (93 kg) prometeu doar R$ 385 mil para uma instituição de caridade se 'DC' topar encerrar a trilogia.

Em recente entrevista ao podcast 'Jim Rome', Cormier fez críticas às justificativas dadas pelo rival para o fato de ter sido pego no doping pelo uso do esteroide turinabol. De acordo com Daniel, o argumento de que havia "uma pitada de sal em uma piscina" - referência à suposta pouca quantidade da substância proibida no corpo de 'Bones' - não é válido. Afinal, de acordo com o campeão dos pesos-pesados, não haveria razão para o exame apontar resquícios de turinabol se ele não tivesse feito uso da droga de melhoria de performance. Jones, então, rebateu.

"O bebê do papai ainda está lá fora chorando. Qual 'duplo campeão' orgulhoso acaba de deixar seu cinturão vago porque outra pessoa voltou ao esporte?", escreveu Jon, em referência ao fato de que a luta entre ele e Alexander Gustafsson, marcada para 29 de dezembro, no UFC 232, valerá o título meio-pesado (93 kg) até então de posse de Daniel.

"Lute comigo mais uma vez e prove que você é realmente o 'campeão-campeão'. Eu vou doar 100 mil dólares (o equivalente a R$ 385 mil) para uma instituição de caridade em San Diego se você aceitar. Conor McGregor foi um verdadeiro campeão duplo. O mundo todo sabe que sua alegação é uma piada. Você é mais do que bem-vindo para a minha primeira defesa de título", provocou.

Cormier tem 22 vitórias, uma derrota e um combate sem resultado na carreira profissional. Ele se tornou campeão do peso-pesado em julho, quando nocauteou Stipe Miocic, e defendeu o cinturão em novembro, no UFC 230, ao derrotar Derrick Lewis por finalização.

"Pinch of salt, no pinch of salt. You still had steroids in your system in a fist fight," Cormier stated. "Not cool."

Daddys baby still out there whining, What proud "double Champion" just vacates his belt because someone else returns to the sport? ?

- Jon Bones Jones (@JonnyBones) December 20, 2018

Fight me one more time and prove you're actually the champ champ. I'll donate $100,000 to a charity in San Diego if you accept. Conor McGregor was an actual double Champ, the whole world knows your claim is a freaking joke. You're more than welcome to be my first title defense

- Jon Bones Jones (@JonnyBones) December 20, 2018

 

Esporte