PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Página virada! Lutadora do UFC diz ter superado agressão sofrida pelo marido

Ag. Fight

13/12/2018 17h31

Neste sábado (15), Andrea Lee fará sua segunda aparição dentro do octógono mais famoso do mundo - a primeira depois de sofrer um drama pessoal grave. Em agosto deste ano, a americana foi vítima de agressão domiciliar por parte de seu marido Donny Aaron. Quatro meses depois, a peso-mosca (57 kg) retorna ao UFC e garante ter superado completamente o incidente vivido.

'KGB', como é conhecida, enfrenta Jessica-Rose Clark no UFC Milwaukee (EUA). E durante entrevista ao site 'MMA Junkie', a atleta garantiu que o trauma sofrido meses atrás não a afetou durante sua preparação para o duelo deste sábado. De acordo com Lee, o momento é de virar a página e seguir em frente.

"Honestamente, eu não deixei isso (agressão sofrida) me afetar durante meu camp para essa luta. Algumas pessoas podem não acreditar ou duvidar, mas eu sou uma pessoa muito forte mentalmente. Então sou capaz de superar muitas coisas", garantiu Andrea, antes de detalhar como reagiu ao caso de agressão.

"É simplesmente algo que já passou, acontece na vida de muitas pessoas, e você escolhe de que forma você vai lidar com isso. Acredito que lidei da melhor maneira possível. Estou seguindo em frente sem olhar para trás. Está tudo perdoado e estou feliz", concluiu a lutadora da 'Karate Mafia'.

O anúncio oficial do combate entre Lee e Jessica-Rose foi feito em setembro, apenas um mês após a americana ter sigo agredida pelo seu marido. Andrea admitiu que ficou preocupada com a proximidade das datas no início, mas que depois de pensar sobre o caso decidiu que aceitar o duelo era a coisa certa a se fazer naquele momento.

"No início eu pensava se realmente estaria pronta. E depois passei a pensar se teria tempo o suficiente. Então, após alguns dias pensando sobre o assunto, eu pensei: 'Eu dou conta disso, sou capaz de lutar'. Eu preciso de uma luta, é uma ótima distração, e toda lutadora precisa de dinheiro. Estou ansiosa para o duelo contra Jessica Clark, ela é uma ótima lutadora e eu a respeito muito", declarou Andrea.

As atletas vivem momentos diferentes na carreira. Lee tenta manter a boa sequência de cinco vitórias consecutivas. Já Clark quer se recuperar da derrota sofrida para Jessica Eye em seu último confronto pelo UFC. Ambas figuram entre as 15 melhores do ranking dos pesos-moscas do Ultimate.

Esporte