PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Técnico de McGregor cogita deixar de treiná-lo se luta não for vantajosa; entenda

Ag. Fight

10/12/2018 16h30

Conor McGregor pode, em breve, estar de partida da 'SBG' (Straight Blast Gym), academia irlandesa que o revelou para o mundo. Mas não exatamente por sua vontade. De acordo com o principal técnico da equipe, John Kavanagh, 'Notorious' terá de convencê-lo a treinar seu mais famoso pupilo outra vez.

Questionado pelo jornal 'Irish Independent', da Irlanda, se ainda trabalhava com a hipótese de uma revanche entre Conor e Nurmagomedov, Kavanagh declarou não ter conhecimento de qual seria a vontade do ex-campeão dos penas (66 kg) e leves (70 kg) naquele momento, e revelou que pode deixar de treiná-lo, inclusive.

"Honestamente? Não sei. Ele vai voltar a lutar? Não sei. Eu o conheço como pessoa e sei que vir de duas derrotas, embora uma delas tenha sido no boxe, vai ser difícil para ele. Ele está com 30 anos, duas crianças, e tem um grande contrato do uísque que vai fazê-lo ganhar mais dinheiro do que a luta já fez. Você acordaria de manhã para tomar soco na cara? Acho que não. Mas ele provavelmente vai me ligar amanhã e dizer: 'O que você disse? Eu vou lutar em março'. Então, não sei", disse.

"Ele teria certamente de me convencer a ir novamente . Eu o amo. Eu amo a jornada inteira que fizemos, mas eu preciso de um grande 'porquê'. Pode ser Diaz novamente, porque ele prometeu aquela luta. Pode ser uma revanche com Khabib. Mas se for só um: 'Bem, eles querem que eu enfrente aquele cara', então acho que vou dizer: 'Desejo a você o melhor'", afirmou.

Conor ainda não tem o futuro definido, porque a Comissão Atlética do Estado de Nevada precisa julgá-lo pela confusão na qual se meteu ao fim do UFC 229 com a equipe de Khabib Nurmagomedov. Na ocasião, o russo saiu do octógono e saltou em direção a Dillon Danis, companheiro de treino de McGregor, enquanto seus parceiros invadiram o cage para bater no irlandês. Na última semana, 'Notorious' conseguiu o adiamento das deliberações sobre seu caso. A próxima reunião da comissão será realizada no fim de janeiro.

Esporte