PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ronaldo 'Jacaré' descarta ser reserva de Whittaker vs Gastelum

Ag. Fight

26/11/2018 13h52

Lutador do UFC desde 2013, Ronaldo 'Jacaré' já esteve algumas vezes próximo de uma disputa de cinturão. No entanto, em momentos de definição, ou perdeu lutas ou foi preterido pela empresa. E agora, tendo nocauteado Chris Weidman no UFC 230, no início de novembro, o brasileiro acredita que sua hora finalmente vai chegar - mesmo que, para isso, tenha de esperar.

Questionado se toparia ficar de sobreaviso para o confronto entre Robert Whittaker e Kelvin Gastelum, no UFC 234, no dia 10 de fevereiro de 2019, Ronaldo negou. Segundo ele, a sua oportunidade deve vir da maneira apropriada, e não como substituto.

"Eu sou plano A, cara. Vou lutar pelo título. Quero esperar pela minha chance. Eu sou plano A, vou esperar minha vez", declarou ao site 'MMA Fighting'. "Ganhei muito dinheiro este ano. Lutei três vezes, ganhei três bônus. Ganhei um bônus de performance e duas lutas da noite. Nocauteei meu último oponente. Ganhei muito dinheiro. Posso fizer um tempo sem lutar", acrescentou o veterano.

'Jacaré' já foi 'plano B' uma vez, em 2016, quando se pesou como reserva para o duelo entre Chris Weidman e Yoel Romero no UFC 205. Agora, descartando a hipótese de cortar peso novamente sem lutar - mesmo que agora pelo cinturão -, ele entende que já é merecedor de uma chance direta ao ouro.

"Romero ganhou de mim roubado e lutou pelo título. Gastelum venceu uma decisão dividida, apertada - e que eu acho que eu deveria ter vencido - e ele vai lutar pelo título. Se Chris Weidman tivesse ganhado de mim, ele teria lutado pelo cinturão, e eu sou o número 5 no ranking. Eu o nocauteei. Por que eu não vou lutar pelo título? Por quê? Por que razão?", questionou. Na verdade, Ronaldo é o terceiro colocado na listagem.

"Ele foi um ótimo campeão, é um cara legal, que venceu todos os brasileiros que enfrentou. E eu encerrei o domínio dele sobre os brasileiros. O título é algo natural, que vai acontecer. Ninguém pode ter certeza de nada, cara. As coisas só acontecem se Deus permitir, mas acredito que vão acontecer", completou.

'Jacaré' tem alternado vitórias e derrotas desde o início de 2017. Após vencer Tim Boetsch, ele foi derrotado por Robert Whittaker, nocauteou Derek Brunson, perdeu para Kelvin Gastelum e ganhou de Chris Weidman.

Esporte