PUBLICIDADE
Topo

Lutador do UFC lucra mais de R$ 17 mil por mês com videogames

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Ag. Fight

25/11/2018 15h25

Às vésperas do UFC 229, Sean O'Malley foi flagrado no exame antidoping e automaticamente suspenso do card que mais gerou lucro na história do Ultimate. Além disso, o jovem de 24 anos passou por uma cirurgia no quadril que o impede até mesmo de treinar nesse período afastado dos octógonos. No entanto, mesmo dadas as adversidades, o peso-galo (61 kg) encontrou uma função que, além de ajudar a passar o tempo, lhe rende um bom dinheiro.

Em entrevista ao site MMA Fighting, Sean revelou que através do site de streaming Twitch passou a compartilhar com seus fãs uma paixão de infância: os videogames. Ao transmitir sua experiência em jogos online com outras pessoas interessadas em consumir esse produto, o lutador do UFC afirmou que o negócio lhe rende 4,5 mil dólares (cerca de R$ 17.200) por mês.

"Passei por cirurgia, e estou no meio de uma suspensão por algo que não fiz. Estou tentando ser superpositivo. Uma coisa boa agora é que sou super envolvido com jogos, e isso me ajudou muito. Não consegui treinar no mês passado por causa dessa questão, acabei de sair das muletas semana passada. Então, eu tenho jogado Fortnite, construí meu canal no Twitch, e tenho me mantido ocupado dessa forma", declarou O'Malley.

"Agora, estou ganhando cerca de 4,5 mil dólares por mês através dos jogos. Eu apenas faço porque eu amo isso. Venho jogando videogames desde quando era criança, e eu tive algumas pessoas dizendo: 'Por que você não faz stream? Por que você não faz stream?' Eu fiquei tipo, 'Ninguém quer me ver jogar'. E agora transmito meus jogos há nove meses e tenho alguns fãs leais por lá", revelou o peso-galo.

Além da função de streamer de games online, Sean pretende no futuro se alçar em outra carreira inusitada quando se trata de um lutador de MMA: a moda. O jovem atleta presume que sua carreira dentro do Ultimate pode alavancar seus negócios no mercado fashion. Para O'Malley, quanto mais ele for popular, maior a chance de sucesso de sua possível futura marca de roupas.

"Tenho feito diversas fotos de moda e conversado com estilistas, então gostaria de inserir meus sapatos na indústria da moda. Com a moda, sei que quanto mais lutas, quanto maiores forem as lutas que eu ganhar, maior meu alcance. Eventualmente quero figurar na capa da revista 'GQ' com meu próprio estilo, algo diferente, algo que destoe de todos esses outros caras", projetou a promessa do UFC.

"Acho que estou indo bem por enquanto. Quanto mais lutas eu ganhar, mais popular fico, e os olhos do mundo se voltam para mim, então tenho que focar em sempre ganhar a próxima luta para tornar as coisas mais fáceis. Quero introduzir meu próprio estilo no mercado, minha própria marca, uma linha de roupas de minha autoria", afirmou Sean.

Apesar de estar apenas no início de sua carreira como lutador de MMA, possíveis profissões alternativas não faltam para O'Malley. O peso-galo é uma das promessas do Ultimate e se encontra invicto até então, com dez triunfos em dez combates disputados.

Esporte