PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lutador do ACB é demitido após tentar enganar árbitro Herb Dean

Georgi Karakhanyan (dir), Herb Dean (centro) e Timur Nagibin (esq) - Reprodução/Instagram
Georgi Karakhanyan (dir), Herb Dean (centro) e Timur Nagibin (esq) Imagem: Reprodução/Instagram

Ag. Fight

25/11/2018 15h49

A edição de número 90 do ACB (Absolute Championship Berkut) deu o que falar. Uma das lutas do card do dia 10 de novembro gerou tanta polêmica que uma audiência com membros da liga de MMA russa foi marcada para decidir o que seria feito com relação ao resultado do confronto. O combate entre Georgi Karakhanyan e Timur Nagibin foi analisado e Georgi, antes declarado vencedor, teve seu triunfo anulado e ainda foi demitido da organização.

A decisão da ACB, divulgada através das redes sociais do evento, foi motivada por uma conduta antidesportiva de Georgi durante o confronto contra Timur. Ainda no primeiro assalto, Karakhanyan encaixou uma guilhotina em seu rival russo e disse ao juiz do duelo, Herb Dean, que Nagibin teria dado os 'três tapinhas' e desistido da luta.

Confuso, o árbitro do confronto ameaçou interromper a luta justamente no soar do gongo do fim do round. Espantado com a conduta de Herb Dean, já que não tinha desistido do combate, Timur se irritou com a atitude de seu rival e acertou Georgi com um soco depois que o combate estava interrompido.

O golpe ilegal fez com que o russo fosse desclassificado e o armênio foi declarado vencedor. No entanto, depois da reunião com a Comissão Atlética e membros da ACB, a atitude de Georgi foi condenada e o atleta, além de ter seu triunfo transformado em 'no contest' (luta sem resultado oficial), foi demitido. Nagibin, por sua vez, teve sua desqualificação mantida pelo soco no rival após o soar do gongo.

E por incrível que pareça, a confusão não ficou apenas no octógono. A rivalidade entre os atletas - que se provocaram antes do combate - intensificada com o ocorrido, fez com que fãs do armênio e do russo entrassem em confronto nas arquibancadas da Arena CSKA, em Moscow. A Tropa de Choque teve que ser acionada para separar os focos de tumulto.

Embora tenham sido os protagonistas no que diz respeito à confusão do ACB 90, Georgi e Timur não foram os únicos atletas julgados e punidos nessa audiência da liga. Mukhomad Vakhaev, russo que venceu Sergey Bilostenniy na luta principal da noite, foi multado em 20% de sua bolsa pela forma como encerrou o duelo.

O peso-pesado encaixou um mata-leão em seu rival, mas demorou a soltar após a sinalização do árbitro. A conduta foi julgada como antidesportiva e por isso o atleta teve parte de seu pagamento descontado.

Esporte