PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Lucas 'Mineiro' revela que lutou lesionado em unificação do título do Brave

Ag. Fight

22/11/2018 15h38

O ex-atleta do UFC Lucas 'Mineiro' agradeceu ao apoio dos fãs e revelou que lutou lesionado no combate da última sexta-feira (16), quando perdeu o duelo pela unificação do cinturão peso-leve (70 kg) do Brave para o jordaniano Abdul Kareem Al-Selwady. Na ocasião, o brasileiro desistiu do combate no Bahrein após ser derrubado pelo rival e contundir o joelho esquerdo, ainda no primeiro round do embate.

Devido à lesão, 'Mineiro' foi levado às pressas a um hospital da região, mas optou por realizar a cirurgia no Brasil. De acordo com release enviado pela assessoria de imprensa do evento, o lutador já está de volta a São Paulo, onde treina e mora, e deve passar por uma cirurgia no joelho nos próximos dias. O comunicado ainda ressaltou que a equipe médica que o atendeu não deu um prazo para o retorno do brasileiro aos treinos, mas Lucas, através de publicação nas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), já projetou uma revanche contra o rival jordaniano.

"Passando para agradecer a todos pelas mensagens de apoio e preocupação, e dizer que estou bem. Tentei lutar lesionado, algo que não tira os méritos do meu adversário que saiu campeão. Eu assumi o risco de lutar assim e paguei por isso. Agora vou me recuperar e voltar 100% para uma revanche em breve e lutarmos de verdade! Obrigado a todos os patrocinadores que estão comigo na caminhada e a minha equipe, Capital da Luta. Também agradeço a minha família que eu amo, e ao Brave por todo o suporte! Agradeço a todos de coração! Segue o jogo!", comentou o agora ex-campeão interino.

Aos 30 anos, 'Mineiro' lutou no UFC entre os anos de 2013 e 2016, quando venceu quatro dos sete duelos que realizou na maior organização de MMA do planeta. Agora no Brave, ele conquistou o cinturão interino da organização, em abril, após Luan 'Miau' também desistir do embate devido a uma lesão. Ao longo da carreira profissional, Lucas conquistou 20 triunfos e apenas três derrotas como lutador de MMA.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

Esporte