PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fã de McGregor, 'Miau' lembra encontro inusitado com Khabib no Brave

Fábio Oberlaender, no Rio de Janeiro (RJ)

Ag. Fight

20/11/2018 11h58

Após a grave lesão que sofreu contra o ex-UFC Lucas 'Mineiro', em abril, Luan 'Miau' retornou ao cage circular do Brave e conquistou a vitória em seu primeiro evento internacional pela organização, na última sexta (16), no Bahrein. No entanto, um inusitado encontro com Khabib Nurmagomedov chamou a atenção dos fãs que acompanhavam o combate. Após triunfar sobre Djamil Chan, o lutador baiano - que se declarou fã de Conor McGregor - imitou o andar característico do irlandês, pulou as grades de proteção e foi em direção a Khabib Nurmagomedov, que estava na plateia do evento, para um caloroso abraço.

A atitude de 'Miau' fez referência ao UFC 229, quando, após finalizar McGregor, Khabib pulou o octógono e partiu para cima dos companheiros de equipe do irlandês, depois de Conor provocá-lo intensamente nos momentos que antecederam o duelo. Na ocasião, a atitude resultou em uma confusão generalizada na arena, o que, para Luan, foi 'lamentável', mas não abalou a admiração que ele possui pelo atual campeão peso-leve (70 kg) do Ultimate, conforme relatou à Ag. Fight.

"Achei lamentável, não dá para negar. Sou superfã do Conor McGregor, mas creio que ele exagerou. Passou dos limites. Isso me entristeceu, mas cada um arca com as consequências do que faz, né? O Khabib também é um lutador que admiro pra caramba, seja pela destreza ou pelo foco que ele possui. Ele simplesmente foi lá e fez o trabalho dele. Fiquei triste no momento , mas o Khabib mostrou mais do que nunca que é uma máquina, e só absorvi coisas boas dele depois dessa luta", ressaltou 'Miau'.

"Fiquei muito feliz em ver o Khabib. Quando percebi que ele estava ali, parei e fiquei até sem graça na hora. Mas eu estava tão tranquilo na luta, tudo estava correndo tão bem, que, do segundo para o terceiro round, quando eu o vi, fui falar com ele e levei até uma bronca. Foi muito bom ter tido a presença dele no momento da minha luta. Agi como fosse amigo das antigas, mas foi a primeira vez que o vi", completou.

E o provável autor da 'bronca', o treinador Cristiano Marcello, também comentou o assunto, agora mais tranquilo após o triunfo do atleta: "Ele gosta de brincar, é um cara muito feliz, além de gostar muito do trabalho do Khabib Nurmagomedov. Então, foi brincar mesmo. O Khabib também curtiu, e foi bem legal", recordou-se. O técnico também destacou que a vitória foi uma espécie de superação para 'Miau'. Em seu último desafio no Brave, em abril, o lutador baiano sofreu uma grave lesão no braço nos segundos finais da luta, o que resultou na perda do título interino da organização para o compatriota Lucas 'Mineiro'.

Agora recuperado e embalado pela vitória, 'Miau' projeta um combate pelo cinturão linear dos pesos-leves da organização, que foi conquistado pelo jordaniano Abdul Kareem Al-Selwady, após derrotar 'Mineiro' na unificação do título. Tal combate ocorreu no mesmo evento que Luan participou, o Brave 18, em que ele foi, com o triunfo sobre Djamil Chan, o único vitorioso dos cinco brasileiros em ação. Deste modo, Marcello trabalha com a possibilidade de seu atleta ser o próximo desafiante em entrevista à Ag. Fight.

"A vitória dele veio depois de oito meses daquela lesão durante a disputa do cinturão com o Lucas . O adversário que ele pegou estava vindo do nocaute mais rápido da história do evento, é um cara duro, um lutador de muay thai da Holanda, que é o berço do kickboxing. Fomos com uma luta estratégica, ele dominou, deu cinco knockdowns no adversário, dominou a luta inteira tanto em pé quanto no chão. Esperamos que a próxima luta dele seja pelo cinturão. É um menino que, para mim, está entre os cinco melhores pesos-leves de todo o MMA mundial. Então, as perspectivas do Brave em relação a ele acredito que sejam as melhores possíveis", concluiu o treinador.

Aos 24 anos, Luan 'Miau' chegou à 13ª vitória como lutador profissional, após o seu último resultado positivo. O cartel do atleta representante da equipe CM System conta com apenas três derrotas no MMA.

Esporte