PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Presidente do ONE promete novas trocas de lutadores com outras organizações

Ag. Fight

19/11/2018 06h00

A troca entre Demetrious Johnson, ex-UFC, e Ben Askren, ex-ONE, anunciada em outubro, causou uma grande surpresa no mundo do MMA. Mas as permutas entre atletas de organizações diferentes devem se tornar mais frequentes - pelo menos é o que garante Chatri Sityodtong, presidente da liga asiática.

Em uma conferência de imprensa, o dirigente afirmou que o esquema com o Ultimate incentivou outras organizações a considerarem a possibilidade de fazer trocas do mesmo tipo. De acordo com Sityodtong, já há outras negociações parecidas em curso.

"Há muitas discussões acontecendo globalmente. É tudo o que eu posso dizer. Com certeza, esta primeira troca histórica deu origem a muitas discussões com todas as maiores organizações. Então, se eu tenho de prever, não acho que será a última vez que isso acontece, o que é ótimo para os fãs, as organizações e os atletas. Acho que é algo novo, que não tem precedentes, e que vai causar um grande impacto positivo global", declarou.

"Acho que todos ganham. Eu realmente acredito que o ONE ganha. Genuinamente acredito que o UFC ganha. Genuinamente acredito que Ben Askren ganha. E genuinamente acredito que DJ ganha. Acho que, nesta situação, todos estão muito felizes, porque nós do ONE conseguimos o lutador número 1 do mundo na história, e seu estilo e sua personalidade vão ressoar muito bem na Ásia. E Ben Askren, indo para o UFC, vai provar que é melhor do mundo e dominar. Seu estilo é também algo que muito apreciado pelos fãs americanos, então acho que todos ganham", analisou Chatri.

Como estreia no ONE, Demetrious Johnson vai participar de um GP de pesos-moscas (57 kg). Askren, por sua vez, deve começar a jornada no UFC contra Robbie Lawler, no UFC 233, em Anaheim (EUA).

Esporte