PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Protagonista, Ronda Rousey mantém cinturão ao liderar card histórico da WWE

Ronda Rousey com o cinturão do WWE - Reprodução/WWE
Ronda Rousey com o cinturão do WWE Imagem: Reprodução/WWE

Ag. Fight

30/10/2018 08h00

Ronda Rousey foi protagonista de um evento histórico para o telecatch feminino no último domingo (28), em Nova Iorque (EUA). A americana, que é referência mundial quando se trata de esportes de combate, liderou o primeiro card composto apenas por mulheres da história da WWE. 'Rowdy' foi a estrela principal do show nomeado 'Evolution', no qual ela manteve o cinturão do 'Raw' - uma das marcas da liga de pro wrestling -, após finalizar Nikki Bela com um armlock, sua marca registrada desde os tempos do UFC.

A ex-judoca é uma verdadeira estrela, e ninguém melhor que ela para liderar uma revolução que já vem sendo arquitetada nos últimos anos no telecatch feminino. As mulheres antes promovidas apenas pela beleza estética, passaram a ser exaltadas por suas performances, e o 'Evolution' foi um verdadeiro marco dentro dessa mudança de patamar.

E foi pensando nesta nova forma de representação das mulheres dentro dos ringues que a WWE contratou Rousey. Isso porque, a americana, além de medalhista olímpica e pioneira do MMA feminino dentro do UFC, é um verdadeiro fenômeno de vendas por onde passa. 'Rowdy' era a cereja que faltava no bolo da maior liga de pro wrestling do mundo.

E o 'efeito Ronda' já começou a render frutos até mesmo em outras divisões da WWE. Prova disso é Shayna Baszler, mais nova campeã da 'NXT' (categoria para atletas iniciantes do show), que conquistou o cinturão após finalizar Kairi Sane. Também ex-lutadora do UFC, a 'Rainha de Espadas' é amiga, e ex-parceira de treinos de Rousey.

O histórico evento que envolveu só mulheres pode ter sido o primeiro passo na busca por mudanças ainda maiores: a permissão para atletas femininas competirem em determinados países. 'Evolution' antecedeu em apenas cinco dias o próximo evento da WWE - 'Crown Jewel', na Arábia Saudita, onde é proibida a participação de lutadoras nesse tipo de competição.

O card do último domingo deixou um recado que a WWE busca endossar. Agora resta saber até que ponto o esporte consegue reverter questões culturais. O empoderamento feminino não só no telecatch, mas no mundo, vai de encontro a questões políticas e religiosas que impedem mulheres de realizarem diversas atividades. A fomentação da liberdade através do esporte pode ser uma ferramenta fundamental para mudar esse panorama.

MMA