PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com nocaute sobre Anders, 'Marreta' coroa goleada brasileira no UFC São Paulo

Felipe Paranhos, em São Paulo (SP)

Ag. Fight

23/09/2018 02h07

Os nomes poderiam não ser os mais conhecidos do grande público, mas Thiago 'Marreta' e Eryk Anders fizeram, sem nenhuma dúvida, um confronto digno da atração principal do UFC São Paulo, que aconteceu neste sábado (22), no Ginásio do Ibirapuera. Em uma batalha com muitas reviravoltas, o lutador da TFT conseguiu o nocaute com cotoveladas no fim do terceiro round, levando a torcida paulista à loucura. A vitória fechou uma verdadeira goleada brasileira no evento: os lutadores da casa venceram 11 dos 14 combates, perdendo dois e empatando um.

Já no início do duelo, Anders deixou muito claro qual era o seu objetivo: usar sua bagagem no wrestling para frear o ímpeto do brasileiro, que fazia o primeiro 'main event' de sua carreira no UFC. E, já de início, conseguiu o que queria. Embora não tenha completado nenhuma queda, manteve o carioca na grade, a fim de cansar seus braços. Assim, o americano venceu o primeiro round, graças à pouca efetividade dos golpes de Marreta em pé.

Mais agressivo no princípio do segundo assalto, Thiago acertou uma forte esquerda no rosto de Anders, que sentiu e partiu para a queda, sem sucesso. Com o americano no chão, Marreta partiu para o ground and pound. Pouco ameaçado pelas entradas de finalização de Eryk, o ex-paraquedista do Exército continuou melhor quando a luta voltou a acontecer em pé. Diante do aparente cansaço do americano, que havia lutado menos de um mês atrás, o brasileiro passou a controlar o confronto, usando chutes no corpo para minar o gás do adversário. Em um deles, aproximou-se do nocaute e fez crescer o ritmo da luta.

No terceiro de cinco rounds, Anders voltou a se mostrar concentrado em jogar Thiago no chão, onde o carioca foi finalizado duas vezes no Ultimate. Numa das tentativas, chegou a pegar as costas e tentou encaixar um mata-leão. Incentivado pela torcida, que gritava seu apelido incessantemente, o brasileiro conseguiu escapar. Já no fim do assalto, Marreta reagiu à tentativa de queda com cotoveladas. O peso-médio (84 kg) acertou dezenas de golpes na cabeça de Anders, que, embora salvo pelo gongo, não conseguiu mais levantar.

Na luta coprincipal, Alex 'Cowboy' não deu tempo nem de Carlo Pedersoli respirar. O americano de origem italiana, que assumiu o lugar de Neil Magny com um mês de antecedência, recebeu um contragolpe no primeiro soco contundente que tentou. Com o oponente no chão, o brasileiro da equipe ATS completou com socos no ground and pound até que o árbitro interrompesse o massacre.

Confira os resultados do UFC São Paulo:

Card principal
Meio-pesado (93 kg) |
Thiago 'Marreta' venceu Eryk Anders por nocaute técnico (interrupção do árbitro) a 5min do terceiro round
Meio-médio (77 kg) | Alex 'Cowboy' venceu Carlo Pedersoli Jr. por nocaute a 39s do primeiro round
Meio-pesado (93 kg) | Rogério 'Minotouro' venceu Sam Alvey por nocaute a 1min do segundo round
Galo (61 kg) | Andre Ewell venceu Renan Barão por decisão dividida (29-28, 29-28, 28-29)
Palha feminino (52 kg) | Randa Markos e Marina Rodriguez empataram por decisão majoritária dos juízes (29-28, 28-28, 28-28)

Card preliminar
Leve (70 kg) | Charles Oliveira venceu Christos Giagos por finalização a 3min22s do segundo round
Leve (70 kg) | Francisco 'Massaranduba' venceu Evan Dunham por nocaute a 4min10s do segundo round
Meio-pesado (93 kg) | Ryan Spann venceu Luis Henrique 'KLB' por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)
Pesado | Augusto Sakai venceu Chase Sherman por nocaute técnico a 4min03s do terceiro round
Meio-médio (77 kg) | Sérgio Moraes venceu Ben Saunders por finalização (katagatame) a 4min42 do segundo round
Mosca feminino (57 kg) | Mayra 'Sheetara' venceu Gillian Robertson por finalização (armlock) a 4min55s do
primeiro round
Médio (84 kg) | Thales Leites venceu Hector Lombard por decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)
Meio-médio (77 kg) | Elizeu 'Capoeira' venceu Luigi Vendramini por nocaute a 1min20s do segundo round
Palha feminino (52 kg) | 'Livinha' Souza venceu Alex Chambers por finalização (guilhotina) a 1min21s do primeiro round

Esporte