PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Dana White descarta a possibilidade de Jon Jones lutar no UFC NY

Ethan Miller/Getty Images
Imagem: Ethan Miller/Getty Images

Ag. Fight

20/09/2018 13h58

Jon Jones estará liberado para voltar a competir no UFC a partir do dia 28 de outubro, mas, de acordo com Dana White, seu aguardado retorno ao octógono só deverá ocorrer no próximo ano. Na última quarta-feira (19), a USADA (agência antidoping americana) revelou a punição de 15 meses aplicada ao lutador, a contar a partir de julho de 2017, quando os exames em que ele foi flagrado pelo uso de Turinabol foram coletados. Deste modo, 'Bones' estaria apto a integrar, por exemplo, o evento agendado para o dia 3 de novembro, em Nova York. No entanto, o presidente do Ultimate descartou esta possibilidade.

Em declaração à ESPN americana, Dana White alegou que, devido ao longo tempo em que ficou afastado, Jones estaria fora de forma. O ex-campeão da categoria dos meio-pesados (93 kg) do UFC realizou seu último embate justamente em julho de 2017, quando derrotou Daniel Cormier. Porém, após 'Bones' falhar no exame antidoping, a sua vitória no combate foi retirada e a luta ficou sem resultado oficial.

" Retorna no ano que vem. Ele está fora por algum tempo. Acho que ele está um pouco pesado agora e precisa começar a cortar o peso e voltar à forma. Então, devemos vê-lo no começo do próximo ano", revelou White ao programa 'Get Up', da ESPN americana.

Aos 31 anos, Jon Jones possui apenas uma derrota em seu cartel profissional como lutador de MMA. Em dezembro de 2009, o lutador aplicou uma cotovelada ilegal em Matt Hamill, o que levou o juiz a interromper a luta e declarar a vitória do seu adversário. Além deste resultado negativo e do 'no contest' do seu último duelo, 'Bones' acumulou 22 vitórias ao longo da carreira.

MMA