PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Wallid anuncia data de possível luta e Renzo ironiza: "Mentiroso compulsivo"

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

19/09/2018 18h54

Uma rivalidade antiga entre dois veteranos do MMA parece ter reacendido. Wallid Ismail e Renzo Gracie podem vir a se enfrentar novamente após 25 anos. Isso porque nesta quarta-feira (19), através de comunicado à imprensa, o presidente do Jungle Fight anunciou que a revanche contra seu antigo rival poderia ocorrer no dia 22 de março de 2019, no ginásio do Maracanãzinho, caso o membro da família mais tradicional do jiu-jitsu o ajudasse a produzir o evento.

No entanto, em resposta à equipe de reportagem da Ag Fight, Renzo desmentiu e ainda ironizou o pronunciamento de Wallid. De acordo com o Gracie, os dois teriam tido a oportunidade de se enfrentar pelo 'One Championship' em março do ano que vem, mas na hora de fechar o contrato, o presidente do Jungle Fight não assinou - fato que gerou alfinetadas por parte de seu rival.

"Essa é uma proposta para que ele não fuja. Dia 22 de março, no Maracanãzinho, vamos lá. Já pedi o ginásio para esta data. Agora quero que ele indique alguém para fazermos uma produção em conjunto. Vamos estar juntos nessa organização. Renzo Gracie sempre mentiu muito na mídia e vou desmascarar ele novamente. A hiena cutucou o leão, achando que o leão estava fora de combate, agora vamos ver se a hiena Renzo Gracie vai tentar ser leão", provocou Wallid.

"Acabei de ver aqui que o Wallid está dizendo que vai lutar comigo no Maracanãzinho em março. Rapaz, esse cara não para. Na verdade, era para a gente lutar no dia 31 de março, no Japão, em Tokio, no 'ONE Championship'. Ele conversou com o presidente da companhia, estava tudo acertado, só que na hora de assinar ele corre, como ele vem fazendo a vida toda, fugindo de tudo. A história dele fala por si, é um mentiroso compulsivo", respondeu Renzo.

Ao contradizer Wallid, Renzo aproveitou para provocar seu desafeto. O Gracie revelou o valor que o presidente do Jungle Fight lhe ofereceu para lutar em sua organização. O atleta ironizou a quantia, ao compará-la com um presente que comprou recentemente. De acordo com o veterano, seu confronto com Ismail é uma questão pessoal, e não financeira.

"Ele queria que eu lutasse por R$ 20 mil, no evento dele, no Jungle Fight. Eu dei um relógio de presente para um amigo meu essa semana que valia duas vezes esse valor, só para deixar claro. Então não é pelo dinheiro que estou fazendo, estou fazendo para ele aprender a calar essa boca de latrina que ele tem", ironizou o membro da família Gracie.

Procurado pela reportagem da Ag Fight, Wallid confrontou as informações que Renzo anunciou sobre os detalhes da negociação da luta. De acordo com Ismail, o valor divulgado pelo Gracie é falso, até porque o presidente do Jungle Fight, de acordo com o próprio, quer realizar um evento à parte, em conjunto, e dividir o lucro com seu rival.

"O Gracie é uma mentira. Eu nunca ofereci ao Renzo de lutar por R$ 20 mil, e nem lutar o Jungle Fight, ele é uma grande mentira, está feio isso. Quem está dando a revanche sou eu, então se ele quer fazer uma co-produção aqui no Brasil e vou indicar alguém e ele indica alguém. E todo o lucro fica a 50% para cada lado. Não estou nem aí para o Renzo, só quero bater nele porque ele ficou falando besteira de mim", garantiu o presidente do Jungle Fight.

Ismail aproveitou também para alfinetar Renzo, e o chamou de "frouxo". O presidente do Jungle Fight revelou que na época em que se enfrentaram pela primeira vez, seu rival a todo momento redefinia os termos do combate, em uma tentativa de se esquivar da luta. No entanto, na opinião do dono do maior evento de MMA do Brasil, o triunfo diante do Gracie o credenciou a ditar as regras da possível revanche.

"Se esse m*** não quer lutar, é porque ele é muit m***. Na primeira luta que eu ia lutar com o Renzo, esse cara é tão frouxo que falou: 'Vamos fazer uma luta de 30 minutos'. Eu aceitei. Depois ele disse: 'Então vamos fazer dois rounds de 30 minutos'. Eu disse: 'Está bom'. Aí depois ele veio querendo fazer uma hora direto e eu de novo falei: 'Tudo bem, fechado' Só que agora quem manda sou eu, eu fui o que venci toda a família, o 'Exterminador de Gracies' sou eu", declarou Wallid, em alusão ao fato de já ter vencido outros membros da família Gracie.

Além de ter batido Renzo em 1993, Wallid também venceu Ralph e Royce Gracie, em 1992 e 1998, respectivamente. Há 25 anos atrás, a disputa contra seu desafeto foi no jiu-jitsu. No entanto, o duelo supostamente agendado para o Maracanãzinho em 2019 seguirá as regras do MMA. Agora resta saber se toda essa rivalidade e troca de farpas se concretizará em um evento oficial.

Esporte