PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Garbrandt agradece ao irmão por impedir tentativa de suicídio na adolescência

Ag. Fight

23/08/2018 10h22

Quem vê Cody Garbrandt cheio de confiança e estilo dentro e fora do octógono não imagina quantos problemas o ex-campeão peso-galo (61 kg) do UFC enfrentou na adolescência. O lutador revelou, em entrevista ao canal do YouTube 'I am Second', dedicado a histórias de transformação pessoal, que decidiu acabar com a própria vida quando era garoto, mas foi impedido pelo irmão mais velho, Zach. O atleta afirmou que tem um grande sentimento de gratidão pelo que aconteceu.

Cody afirmou que o insucesso no wrestling colegial fez com que um momento de desânimo e tristeza tomasse conta de sua vida. Ele contou que o irmão invadiu o cômodo onde estava justamente no momento em que o hoje lutador do Ultimate tentaria suicídio.

"Há uma parte da história na qual Zach chegou e interveio em minha vida, da qual eu queria desistir. Eu era adolescente. Acho que eu era 'senior' no colégio. Eu queria ser campeão estadual novamente. Eu fui campeão como 'freshman' , perdi como 'sophomore' e me lesionei como 'junior' . Wrestling era algo que eu tinha feito a vida toda e acho que eu havia perdido a paixão por aquilo. Não tinha mais desejo nenhum. Eu me sentia incompleto, comecei a andar com a galera errada, passei a usar algumas drogas, ir a festas e viver superdescuidadamente. E isso quase consumiu a minha vida. Sentia que minha estrada estava na direção do fim", afirmou.

"Por um momento, eu não era quem eu era. Eu estava em um lugar escuro. Em um lugar muito, muito escuro. E quase me enforquei. Meu irmão chegou à porta e salvou a minha vida. É a primeira vez que eu falo sobre isso. Eu fui muito grato. Ele chegou, arrombou a porta e me deu o maior abraço. Ele sentou comigo, chorou comigo e disse que tudo iria ficar bem. Foi o dia que realmente foi um ponto de mudança para mim e para a minha vida", completou.

Naquele mesmo ano, Garbrandt conseguiria a quinta posição no torneio nacional de wrestling. Cody chegou a entrar na faculdade, mas largou os estudos para se dedicar integralmente ao MMA. O americano se tornou campeão peso-galo em dezembro de 2016, perdeu a sua primeira tentativa de defesa de cinturão e, na revanche contra TJ Dillashaw, acabou nocauteado novamente. Ele ainda não tem luta marcada.

Esporte